Destinos Espanha Europa Roteiros

Um dia em…Ayamonte

Descobrir Ayamonte

Desde pequena que faço férias em Monte Gordo e como fica bem próximo de Espanha, Ayamonte sempre foi um local de visita, quer para fazer compras, quer para passear. Assim hoje farei o nosso roteiro de um dia em Ayamonte.
 

Introdução

Ayamonte é uma localidade espanhola, que faz fronteira com Portugal, na zona do Algarve. Localizada junto à Foz do Rio Guadiana, esta bonita cidade mantém as suas raízes árabes, algo bem patente na sua identidade visual, nomeadamente com as casas caiadas de branco.
O centro histórico desta bela cidade andaluza é encantador e ideal para passar um dia bem passado.
 
 
 

O nosso roteiro – Um dia em Ayamonte

Quando vamos a Ayamonte, costumamos deixar o carro bem próximo do Porto de Ayamonte e desde que temos filhos geralmente seguimos directo ao Parque Prudencio Navarro. 
O Parque Zoológico Prudêncio Navarro é um pequeno parque, com entrada gratuita, onde é possível ver alguns animais. O ideal é ir sem grandes expectativas, pois é extremamente simples e sem grandes infraestruturas, demorando talvez 60 minutos a ver todo o parque e andar sem grandes pressas.
 
Descobrir Ayamonte
Parque Zoológico Prudêncio Navarro
 
 
 
Ainda dentro do Parque é possível ver o Monumento à Nossa Senhora das Dores, localizado na Praça de Espanha. Assim que saímos do Parque seguimos em direcção ao monumento, para vê-lo mais de perto. Este é um monumento decorativo que representa a devoção da cidade de Ayamonte à sua padroeira, sendo esculpido em pedra mármore, com 12 metros de altura e consiste numa espécie de templo de base octogonal. Em quatro das faces da sua base é possível encontrar altos-relevos de San Diego de Alcalá, Santa Ângela de la Cruz, Beato Vicente Ramirez e Maria Santíssima da Saudade. Sobre a base existem oito colunas com capitéis de estilo coríntio, que suportam a estátua da Virgem com Jesus nos braços, acompanhada por dois anjos que a coroam.
Descobrir Ayamonte
Monumento à Nossa Senhora das Dores
 
 
Saímos da Praça de Espanha em direcção ao centro histórico da cidade, onde é nos deparámos com uma bonita estátua que é designado por Monumento da Música. Inaugurado em 2006, pelo presidente da Câmara D. Rafael Gonzalez, como forma de reconhecimento das bandas musicais que historicamente estabeleceram através dos seus acordes, laços entre os dois países irmãos, Portugal e Espanha.
 
Continuando a caminhada chegámos ao Paseo da Ribeira, uma bonita praça desenhada pelo arquitecto Anibal Gonzalez, localizada no Bairro da La Ribera, sendo um dos locais mais emblemáticos de Ayamonte, quer pela sua forma, quer pela sua dimensão. A Praça é toda revestida por palmeiras bem altas, bem como bancos com ladrilhos brancos e azuis.
Paseo da Ribeira
Paseo da Ribeira
 
 
 
 
Anexado ao Paseo da Ribeira encontramos a Praça da Coroação, bem como a sua emblemática fonte, que receberam o nome em homenagem à Coroação Canónica da Nossa Senhora das Angústias, em 1992.
Descobrir Ayamonte
Praça da Coroação
 
 
 

Ao deambular pelo centro histórico de Ayamonte, encontrámos Igreja de Nossa Senhora das Dores, localizada na praça com o mesmo nome, que foi declarada Monumento Cultural. Construída no séc. XVI, esta foi sofrendo diversas alterações ao longo dos séculos, sendo conhecida pela junção de diferentes estilos, como o barroco, mourisco e neoclássico. Construída para albergar a estátua da padroeira da cidade, este bonito templo católico, foi projectado por Matias Fernandez Cardoso, também autor do retábulo renascentista, que abriga a imagem da padroeira. A simples fachada é composta por duas colunas dóricas, que emolduram a entrada principal, existe igualmente uma torre, bem à direita da nave principal, que terá sido edificada logo após o terramoto de Lisboa de 1755.

Igreja de Nossa Senhora das Dores
Igreja de Nossa Senhora das Dores
 
 

Depressa chegamos à Praça da Laguna, desenhada por Prudêncio Navarro Pallares, conhecida por albergar o edifício da Câmara Municipal de Ayamonte e uma estátua da Imaculada da Conceição, em pedra branca, instalada em 1954. Esta bonita praça está rodeada por um conjunto de bancos e canteiros de tijolos moldados e cerâmicas sevilhanas, com pinturas de artistas locais. Nas quatro extremidades é encimado por quatro bancadas formando um recinto circular

Actualmente é uma praça central, na zona pedonal da cidade, onde encontramos diversas lojas, bares e esplanadas, tornando-se local obrigatório de passagem. Aqui aproveitamos para almoçar numa das esplanadas da praça e comprar alguns souveniers. 

De barriga cheia, aproveitámos para continuar a nossa exploração pelas ruelas da cidade e acabámos por encontrar a Igreja de Nossa Senhora das Mercedes, ou simplesmente Templo da Misericórdia, localizada no Bairro La Ribera. Fundada no séc. XVII, pelo Mestre Diego Pérez, este templo católico de estilo barroco, é um edifício de cruz latina, composto por três naves e no seu exterior destaca-se uma torre única de dois corpos com cornijas salientes. Um dos maiores destaques deste templo é o seu Retábulo Maior, de estilo barroco português, é uma construção cenográfica, que joga com os efeitos de volume, luz e reflexos dourados e que tem como objectivo a exaltação da Virgem e da Eucaristia.

Descobrir Ayamonte

 
 
 
Para terminar a nossa caminhada pelo centro histórico fomos em direcção à Capela ou Ermida de Santo António, localizada bem perto do cais pesqueiro de Ayamonte. Terá sido fundada no final do séc. XVI, por um grupo de marinheiros, devotos do Santo António de Pádua.
Capela ou Ermida de Santo António
Capela ou Ermida de Santo António
 
 
 
 
Depois de visitada a Capela de Santo António decidimos voltar ao carro e fazer uma paragem no Mercadona, uma cadeia de supermercados espanhola onde encontramos bons produtos a preços atractivos. Compras feitas, seguimos em direcção a Monte Gordo. 
 
 

Vai viajar? Não deixe de fazer o seu seguro de viagem ou se preferir um seguro de acidentes de viagem para tornar a sua viagem mais tranquila. A WorldNomads tem um conjuntos de seguros de viagens simples e flexíveis adequado às suas necessidades.

Venha ver os nosso artigos sobre Espanha:

Similar Posts

20 thoughts on “Um dia em…Ayamonte
  1. Que lugar lindo, gostei das fotos do passeio. É um lugar que tenho vontade de conhecer depois da que passar este período de restrição. A Praça da Coroação lembra algumas pras aqui no Brasil.

  2. Que lugar lindo, gostei das fotos do passeio. É um lugar que tenho vontade de conhecer depois da que passar este período de restrição. A Praça da Coroação lembra algumas pras aqui no Brasil. Beijos Luma

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.