Destinos Dicas

Doenças comuns em viajantes

Indispensáveis de viagem

No dia 20 de Agosto assinala-se o Dia Mundial do Mosquito, que terá sido o dia em Sir Ronald Ross, descobriu em 1897 que a Malária era transmitida ao ser humano através da picada de mosquito. Assim, desde 1930, a London School of Hygiene & Tropical Medicine celebra este dia. Portanto, este é um dia de combate às doenças transmitidas pelo insecto, que continua a matar anualmente cerca de 2 milhões de pessoas pelo mundo.

Quando viajamos para países desconhecidos corremos o risco de contrair algumas doenças desconhecidas e que podem prejudicar a nossa viagem, bem como a nossa vida. Assim, ao viajarmos para um destino diferente do que estamos habituados devemos ter alguns cuidados de saúde redobrados, para não contrairmos nenhuma das doenças comuns em viajantes.

Antes de mais nada se estiver a planear a sua viagem não deixe de ler o nosso post Como planear uma viagem independente.

Consulta do viajante

Sempre que pretender viajar para fora da Europa, não deixe de ir à consulta do viajante . Estas são efetuadas por médicos especialistas em doenças infeciosas e em medicina tropical. A consulta serve essencialmente para dar a conhecer todas as medidas de prevenção a adotar antes, durante e depois da viagem. Assim como, pretende avaliar as condições de saúde do viajante ou prestar assistência após a viagem. Por outro lado, são ainda administradas as vacinas necessárias.

Desta forma. venha agora connosco descobrir algumas das doenças comuns nos viajantes e que podem acabar com a sua viagem.

Malária

  • O que é: Doença infecciosa tropical grave causada por parasitas
  • Como se contrai: Picada de mosquito, portadores do protozoário Plasmodium
  • Em que locais: América do Sul, África e Sul da Ásia
  • Sintomas: Febres altas, enxaqueca, vómitos, dores musculares e diarreia
  • Gravidade: Eventualmente grave se não for tratada
  • Tratamento: Medicação Antimalárica
  • Vacinas: Não.
  • Prevenção: Medicação Profilática (apenas para a estirpe mais perigosa)
Doenças comuns em viajantes

Dengue

  • O que é: Infecção viral
  • Como se contrai: Picada de mosquitos
  • Em que locais: América do Sul e Central, África, Sudeste da Ásia e Austrália
  • Sintomas: Febre alta, enxaqueca, erupção cutânea, mialgias
  • Gravidade: Pode ser fatal
  • Tratamento: Não tem cura ou tratamento específico, apenas alívio de sintomas. Assim como repouso, analgésico e ingestão de líquidos
  • Vacinas: Não
  • Prevenção: Precauções gerais, pois não há vacina nem terapêutica preventiva

Febre Tifoide

  • O que é: Infecção bacteriana que afecta múltiplos órgãos
  • Como se contrai: Ingestão de alimentos ou água contaminados com a bactéria Salmonella Typhi
  • Em que locais: Todo o globo
  • Sintomas: Febre alta, enxaqueca, dores generalizadas, tosse e prisão de ventre
  • Gravidade: Pode ser fatal, se não for tratada com antibióticos, provocando hemorragia, perfuração intestinal e inflamação da vesícula biliar
  • Tratamento: Administração de antibiótico, repouso, hidratação
  • Vacinas: Sim
  • Prevenção: Medidas de precaução higiénico-sanitárias. Nomeadamente, a ingestão de água fervida, seleção de alimentos seguros e vacinação

Febre Amarela

  • O que é: Infecção viral hemorrágica que afeta fígado e rins
  • Como se contrai: Picada de mosquitos portadores do vírus flavivírus
  • Em que locais: África sub-saariana, América do Sul
  • Sintomas: Febre alta, vómitos, mialgias e perda de apetite
  • Gravidade: Pode ser fatal, se progredir para condições crónicas
  • Tratamento: Não existe tratamento. Apenas controlar os sintomas com analgésicos e hidratação
  • Vacinas: Sim
  • Prevenção: Vacinação 10 dias antes da viagem

Hepatite A

  • O que é: Infecção viral do fígado
  • Como se contrai: Ingestão de água ou alimentos contaminados com fezes que contém o vírus da família Picornaviridae
  • Em que locais: África, América do Sul, Sudeste Asiático e Índia
  • Sintomas: Mal-estar geral, febre, perda de apetite, icterícia, urina escura, prurido
  • Gravidade: Raramente é fatal
  • Tratamento: Repouso e analgésicos, anti-histamínicos
  • Vacinas: Sim
  • Prevenção: Vacinação e medidas de higiene pessoal e cuidados de saneamento básicos

Encefalite Japonesa

  • O que é: Doença inflamatória do sistema nervoso central viral e rara
  • Como se contrai: Picadas de mosquito
  • Em que locais: Áreas rurais do Sudeste Asiático, Ilhas do Pacífico e Extremo Oriente
  • Sintomas: Febre, convulsões, tremores, incapacidade de falar, fraqueza muscular
  • Gravidade: Pode ser fatal, ou causar paralisia e danos cerebrais
  • Tratamento: Sem tratamento específico. Descanso, ingestão de líquidos e analgésicos
  • Vacinas: Sim ( 3 doses)
  • Prevenção: Vacinação (pode ter graves efeitos secundários)

Cólera

  • O que é: Infecção bacteriana do intestino delgado
  • Como se contrai: Ingestão de água, ou alimentos contaminados com dejectos fecais de indivíduos contaminados com a bactéria Vibro Cholorae
  • Em que locais: Zonas da Ásia e da África, Médio Oriente e América Latina
  • Sintomas: Diarreia intensa, desidratação, náuseas e vómitos
  • Gravidade: Se tratado não chega a ser fatal
  • Tratamento: Hidratação oral e endovenosa. Em casos mais graves administração de antibióticos
  • Vacinas: Sim, mas não é administrada a qualquer pessoa
  • Prevenção: Medidas gerais de higiene
Doenças comuns em viajantes

Diarreia do viajante

  • O que é: Diarreia causada por bactérias, vírus ou parasitas
  • Como se contrai: Ingestão de alimentos contaminados com bactérias como E.coli, Salmonella e Norovírus
  • Em que locais: Todo o globo
  • Sintomas: Evacuações aquosas, febre, cólicas estomacais, nauseas e vómitos
  • Gravidade: A maioria se recupera em 3 a 5 dias
  • Tratamento: Ingestão de líquidos
  • Vacinas: Não
  • Prevenção: Medidas gerais de higiene, selectivo com alimentação

Outras doenças

Existe um conjunto de outras doenças infeciosas graves que podem afetar quem viaja. Mas a maioria das pessoas que vivem em países desenvolvidos já recebeu a vacina, como parte do programa nacional de vacinação. Tais como, tétano, poliomielite, difteria, tuberculose, sarampo e rubéola.

Esquema da vacinação em Portugal

Em síntese, vale de novo lembrar que a prevenção é a melhor arma de combate às doenças comuns em viajantes. Assim, prevenir será sempre o melhor remédio.

Afiliados

Vai viajar? Já reservou o seu hotel? Este blog tem parceria com o Booking. Se pretende fazer a sua reserva para ficar alojado em Portugal, contrate o serviço aqui e estará a ajudar o nosso blog, já que o nosso trabalho é voluntário.

Não deixe de fazer o seu seguro de viagem ou se preferir um seguro de acidentes de viagem para tornar a sua viagem mais tranquila. A WorldNomads tem um conjuntos de seguros de viagens simples e flexíveis adequado às suas necessidades.

Ainda não adquiriu a passagem aérea? Viaje com a Iberia e adquira voos a preços maravilhosos. E ajude o blog a manter-se.

Similar Posts

7 thoughts on “Doenças comuns em viajantes
  1. Muito interessante esse seu post sobre doenças comuns em viagem. Muito importante entender que os países exigem certas vacinas para se protegerem e não para nos proteger.
    Sempre interessante pesquisar quais vacinas tomar, não as exigidas, mas as que podem nos proteger.
    Beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.