Atracções Destinos Dicas Europa Ilhas Itália Roteiros

Messina: guia completo para aproveitar a bela cidade da Sicília

Messina: guia completo para aproveitar a bela cidade da Sicília

Messina, a terceira maior cidade da Sicília, é uma bela e pacata localidade à beira-mar, que emana um ambiente romântico e melancólico da Belle Époque. Segundo a lenda esta bela cidade foi fundada por gigantes durante os tempos da Grécia Antiga.

Onde se localiza Messina

A bela cidade de Messina, fica no ponto mais a nordeste da costa jónica da Sicília. Localizada num ponto curvo da ilha, Messina fica a poucos quilómetros do continente italiano. Ou seja, localizado no Estreito, Messina está a poucos passos da Calábria, onde o Mar Jónico encontra o Mar Tirreno.

Templo del Rei no topo da Viale Principe Umberto
Templo del Rei no topo da Viale Principe Umberto

Messina

Messina terá sido fundada em 2148 a.C, por colonos da Grécia central, sendo conhecida como a “porta de entrada para a Sicília”, dada a sua localização geográfica. Ao longos dos séculos passou pelas mãos dos romanos, bizantinos, árabes e normandos, fez parte do Reino da Sicília e mais tarde tornou-se parte do Reino de Itália. Em tempos foi capital do Il Reino delle Due Sicilie. Vários acontecimentos marcaram a cidade, nomeadamente terramotos, tsunamis e guerras. O que fez com que a mesma fosse destruída inúmeras vezes e reconstruída outras tantas. Durante o terramoto de 1908, a maioria dos edifícios históricos de Messina ficaram destruídos. Mais tarde, em 1943, durante a Segunda Guerra Mundial, a cidade foi fortemente bombardeada e parcialmente reduzida a escombros.

Quando visitar Messina

Sendo Messina um destino localizado numa ilha de praias e de muito calor é normal que a maioria das pessoas que se desloca à cidade o façam no Verão. Do nosso ponto de vista, e de forma a fugir às grandes enchentes das férias de Verão, a melhor altura para visitar Messina será entre Maio e o início de Julho e depois entre o final de Setembro e os meados de Outubro. Pois ainda estará bom tempo se quiser aproveitar a praia, mas o calor não será excessivo, havendo também menos turistas.

Como chegar e se locomover em Messina

Qualquer visitante pode chegar a Messina de carro, autocarro, comboio ou avião. Ou seja, se pretender ir de carro, para ser mais fácil se locomover na cidade pode faze-lo, atravessando o Estreito de Messina desde o continente, dentro de uma balsa. Já se pretender ir de avião, o aeroporto mais próximo da cidade é o Aeroporto Internacional de Catania Fontanarossa. Este fica a cerca de uma hora e meia de carro ou autocarro. Poderá ainda pousar no Aeroporto de Reggio Calabria e depois pegar a balsa até Messina.

Porto de Messina
Porto de Messina

Outra opção é o comboio, algo que pode parecer estranho mas é bem simples. Isto é, qualquer pessoa pode deslocar-se a Messina de comboio partindo das principais cidades italianas, pois a Trenitalia possui balsas exclusivas, que operam para os comboios no Estreito de Messina. Esta pode ser uma experiência engraçada mas mais demorada pois terá que fazer a mudança do comboio para a balsa, perdendo algum tempo.

Para se locomover dentro da cidade pode faze-lo através dos transportes públicos, que englobam autocarros e pequenos elétricos. Mas também poderá fazer a maior parte do seu roteiro a pé.

O que ver em Messina

Messina é um testemunho de vários povos e civilizações, como tal vários desses povos deixaram a sua marca na cidade. Assim, conte encontrar uma cidade cheia de construções históricas e artísticas, um património cultural de grande valor e ainda vários monumentos extraordinários, grande parte em estilo Art Nouveau. Ou seja, ao visitar esta bela cidade e sua província conte ver inúmeras ruínas gregas, praias belíssimas, magníficos monumentos, entre tantas outras coisas.

Orologio Astronomico e Duomo di Messina

O Relógio Astronómico é um dos mais bonitos e maiores relógios astronómicos do mundo. Construído em 1933, possui por várias figuras em bronze dourado que representam momentos chave da religião e história da cidade. A cada hora poderá ouvir Ave Maria de Schubert, tocando por cerca de 12 minutos.

Orologio Astronomico
Orologio Astronomico

Já a Catedral de Messina, construída no século XII, tornou-se famosa por ser o local onde estão guardadas as coisas de Conrad IV, Rei de Jerusalém. A bela catedral, um dos edifícios mais antigos da cidade, foi destruída e reconstruída inúmeras vezes desde a sua construção, a última das quais ocorreu após um bomba durante a Segunda Guerra Mundial a ter destruído.

Catedral de Messina
Catedral de Messina

Fontana de Orione

A Fonte de Orion, desenhada pelo Giovanni Angelo Montorsoli, primeiro aluno de Michelangelo, está definida como “a fonte mais bonita do século XVI europeu”. Tornou-se um dos monumentos mais importantes de Messina, sendo construída para celebrar a construção do primeiro aqueduto da cidade. Ela é dedicada a Orion, o mítico fundador da cidade, gigante nascido da tríplice paternidade de Júpiter, Netuno e Mercúrio.

Messina na Sicília
Fonte de Orion

Fontana di Nettuno

A Fonte de Netuno foi também construída por Giovanni Angelo Montorsoli, durante o ano de 1557. Esta bela fonte, localizada na Piazza Unità d’Italia é uma escultura de tributo ao Deus Netuno, que tem na sua constituição diversos cavalos marinhos e golfinhos. A imponência desta bela fonte monumental é uma referência ao estilo do trabalho de Michelangelo.

Messina na Sicília
Fonte de Netuno

Galleria Vittorio Emanuele III

A Galeria Vitório Emanuel III foi projectado por Camillo Puglisi Allegra e construída entre 1924 e 1929. Este sumptuoso edifício em estilo Art Nouveau possui uma grandiosa cúpula de vidro, cuja elegância e jogo de luzes do teto da galeria levaram a que em 2000 fosse declarada de interesse histórico-artístico de Itália.

Galleria Vittorio Emanuele III
Galleria Vittorio Emanuele III

Museu Regional de Messina

O Museu Regional de Messina, localizado na parte norte da cidade, é um dos principais museus da Sicília. O museu abriga uma galeria de arte com peças de artistas locais e de outros nomes bem conhecidos da arte mundial. Ou seja, ao visitar o museu encontrará obras magníficas daquele que foi um dos melhores artistas da Itália, Caravaggio. É possível também encontrar várias peças arqueológicas e inúmeras esculturas renascentistas.

Memorial da Guerra

O Memorial da Guerra, construído em 1899, é um monumento para comemorar os patriotas que perderam a vida pelo país, sob o comando do veneziano Umberto Masotto, na Batalha de Adwa, em 1896. Esta escultura de bronze, de Salvatore Buemi, mostra três soldados, sobre uma base quadrangular, que possui várias placas de bronze, onde estão inscritos os nomes dos oficiais e soldados que perderam a vida nesta batalha. Após o fim da Guerra em África, na base do monumento ficaram os canhões recuperados pelos soldados italianos.

Messina na Sicília
Memorial de Guerra

Templo del Cristo Rei

O Templo do Cristo Rei foi construído em 1900, no topo do Viale Principe Umberto, sob a influência da arte coríntia. Ali conseguirá ter algumas das melhores paisagens da cidade e da área em redor. Este belo monumento apresenta uma planta hexagonal e possui uma enorme cúpula ornamentada, possível de ver de quase toda a cidade. No seu interior, mais propriamente na sua cripta encontra-se um belo memorial aos soldados italianos mortos na Primeira e Segunda Guerra Mundial.

Templo del Cristo Rei
Templo del Cristo Rei

Santuario della Madonna di Montalto

O Santuário da Senhora do Montalto foi construído em 1295, mas o edifício atual resulta da reconstrução após o terramoto de 1908. Localizado na colina de Caperrina, este belo templo religioso possui um estilo bem eclético com traços góticos e romanos. Este santuário foi o primeiro local de culto a ser reconstruído após o terramoto de 1908, estando ligado à tradição da aparição de Nossa Senhora em defesa de Messina, sitiada pelos franceses aquando a Guerra das Vésperas.

Santuario della Madonna di Montalto
Santuario della Madonna di Montalto

Chiesa Santissima Annunziata dei Catalani

A Igreja dos Catalães, inicialmente chamada de Santa Maria di Castello a Mare, é considerada um milagre pois foi o único edifício a sobreviver ao sismo de 1908. Este bela igreja remonta ao século XII, no período Normando, mas resulta de uma fusão de estilo arquitectónicos diferentes: normando, árabe e bizantino. Construída sobre as ruínas de um templo de Netuno, chegou a ser a Capela Real mas acabou por se tornar a sede da Confraria dos Mercados Catalães.

Messina
Chiesa Santissima Annunziata dei Catalani

Chiesa del Carmine

A Igreja do Carmo foi construída no lugar da Igreja com o mesmo nome que foi destruída num grande fogo no início do século XX e é um dos mais importantes templos da cidade. Esta bela igreja de estilo barroco ou rococó setecentista é um dos mais importantes projectos do arquitecto Cesare Bazzani.

Forte San Salvatore e Madonna della Lettera

O Forte de São Salvador é uma bela construção defensiva, construída entre 1537 e 1540. Acima deste edifício é possível ver a Madonna della Lettera, uma bela estátua localizada sobre uma estela votiva de 35 metros de altura. Construída em 1930 esta bela estátua acolhe quem entra na cidade pelo porto.

Forte San Salvatore e Madonna della Lettera
Forte San Salvatore e Madonna della Lettera

Praias da Província de Messina

A Praia de Capo Peloro é uma das praias mais frequentadas pelos habitantes de Messina, sendo o cenário de algumas das lendas da Sicília. Nomeadamente, a lenda do filho do pescador Nicola, o Colapesce, que nadava com peixes e sereias e que era responsável pelos terramotos da zona de Messina. É nesta região que se localiza o Farol de Capo Peloro, um local imprescindível para os barcos que entram na ilha pelo norte.

Vá até Giardini Naxos, uma pequena baía localizada entre Messina e Taormina. Este é um dos destinos mais procurados de toda a Sicília, devido às praias de areia e mar cristalino, sendo a mais famosa a Praia Recanati. Na região visite também a Praia Roccalumera, ideal para os amantes de snorkeling e surfcasting.

Outra praia que não poderá perder é a Praia de Tusa, considerada uma das mais bonitas de Messina. Localizada entre Pollina e Santo Stefano di Camastra esta é uma praia de pedras com rochas inseridas no mar cristalino.

O que comer em Messina

Ao visitar Messina na Sicília não poderá deixar de degustar alguns dos seus pratos mais típicos e deliciosos. A gastronomia de Messina aposta fortemente nos peixes, frutos do mar, legumes e verduras, sendo uma cozinha variada. Esta resultou da conjugação de uma gastronomia rica e elaborada, da classe nobre, com uma gastronomia simples e essencial, do povo, juntamente com as influências deixadas pelas inúmeras civilizações e culturas, que habitaram região, ao longo dos séculos.

Gastronomia do Mundo – Messina

Não deixe de experimentar algumas das mais saborosas comidas de rua, como o famoso bolinho de arroz, o Calia e Simenza, a Focaccia alla Messina ou ainda o famoso Arancino. Como pratos principais não deixe de pedir o Pesce Spada alla Ghiotta, o Stocco alla Ghiotta, o Stocco alla Messina ou o Macco di Fave. Para terminar a sua refeição não deixe de provar alguns dos mais famosos doces da cidade, o Cannoli, a Cassata ou o Cuddura. Tenho a certeza que ficará encantado com a gastronomia da cidade.

Outras Curiosidades de Messina

  • O primeiro colégio jesuíta do mundo, fundado por Santo Inácio de Loyola, foi construído em Messina.
  • William Shakespeare escolheu messina como cenário de “Muito Barulho por Nada”
  • Foi no hospital de Messina que Cervantes se recuperou após a Batalha de Lepanto.
  • É no Santuário do Cristo Rei que se encontra o maior sino da Itália.

Outro post que não pode perder é o Guia Completo de Antália, na Turquia: o que fazer, onde ficar e mais dicas, do blog Viaja que Passa.

Afiliados

Vai viajar? Já reservou o seu hotel? Este blog tem parceria com o Booking. Cada vez reserva o seu hotel através do nosso blog, está a ajudar-nos, já que o nosso trabalho é voluntário.

Não deixe de fazer o seu seguro de viagem ou se preferir um seguro de acidentes de viagem para tornar a sua viagem mais tranquila. Pois a WorldNomads tem um conjuntos de seguros de viagens simples e flexíveis adequado às suas necessidades.

Ainda não adquiriu a passagem aérea? Viaje com a TAP e adquira voos a preços maravilhosos. E assim ajude o blog a manter-se.

Precisa de carros? Não deixe de reservar o seu carro com a DiscorverCars e obtenha os melhores preços.

Quer escolher os melhores passeios para a sua viagem? Reserve então com a Tiqets e usufrua dos melhores passeios.

Similar Posts

3 thoughts on “Messina: guia completo para aproveitar a bela cidade da Sicília

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.