Atracções Destinos Europa França

Place de la Concorde, a praça mais importante de Paris

O que ver na Place de la Concorde

A Place de la Concorde, localizada junto aos Campos Elísios e ao Jardim de Tuileries, é a praça mais importante de Paris. Do ponto de vista urbano, é a mais importante criação do Iluminismo na capital francesa. Assim, dada a sua importância para a cidade e para França decidimos fazer este post enumerando o que ver na Place de la Concorde.

Veja como Visitar Paris em 4 dias

História da Place de la Concorde

A Place de la Concorde foi construída entre 1757 e 1779 com o nome de Praça de Luís XV, uma vez que bem no centro da praça estava a estátua equestre do rei. Esta tinha sido mandada construir para celebrar o restabelecimento do rei após uma doença que este manifestara quando estava em Metz.

Place de la Concorde
Place de la Concorde

Mais tarde, a estátua foi derrubada e a praça foi rebatizada, desta vez como Praça da Revolução. Pois, durante a Revolução Francesa, esta passou a ser local de passagem e de reunião dos revolucionários e onde se colocou a guilhotina na qual foram degoladas milhares pessoas, entre elas Maria Antonieta, Luís XVI e Robespierre. Com o fim do Período de Terror, o governo francês decide voltar a rebatizar a praça, dando-lhe o nome de Place de la Concorde.

Veja Onde ficar em Paris: melhores bairros

A configuração atual da praça surgiu entre 1836 e 1840, quando se colocou no seu centro o famoso obelisco.

O que ver na Place de la Concorde

Obelisco de Luxor

O Obelisco de Luxor tem mais de 3000 anos de antiguidade, tendo sido doado pelo vice-rei do Egipto. Com mais de 23 metros de altura este milenar obelisco saiu da entrada do Templo de Luxor, sendo oferecido ao povo francês em 1829. Esta oferenda serviu como reconhecimento do trabalho do francês Champollion, que foi o primeiro tradutor de hieróglifos. Este belo exemplar egípcio é constituído de granito rosa do Assuão e decorado com centenas de hieróglifos que celebram a glória do Faraó Ramessés II. De notar que a pequena pirâmide que é possível ver no topo, apenas foi acrescentada em 1998.

Obelisco de Luxor
Obelisco de Luxor

Venha descobrir Paris com crianças

Fonte dos Mares e Fonte dos Rios

As duas fontes monumentais da Place de la Concorde localizam-se em ambos os lados do Obelisco. Ambas resultam do trabalho de Jacques Ignace Hittorff, sendo que a localizada a sul se denomina da Fonte dos Mares e a localizada a norte de Fonte dos Rios. Estas belas fontes pretendiam celebrar a navegação fluvial assim como a navegação marítima. A Fonte dos Rios possui figuras sentadas, que representam Reno e Ródano. Já a Fonte dos Mares possui 6 figuras colossais que pretendem representar o oceano, o Mediterrâneo, a pesca do peixe, dos corais, das pérolas e das conchas. É possível ver ainda vários cisnes que se misturam com três imagens que representam a navegação marítima, o comércio e a astronomia.

O que ver na Place de la concorde
Fonte dos Mares

Venha Descobrir a Torre Eiffel, a dama de ferro parisiense

Estátuas

Ao longo da praça é possível encontrar várias estátuas importantes. Por exemplo, em cada canto da praça octogonal está uma estátua que representa uma cidade francesa. Assim, temos representadas cidades como Brest, Ruão, Lyon, Marselha, Bordeux, Nantes, Lille e Estrasburgo. De destacar que a estátua que representa Estrasburgo esteve durante muito tempo coberta de negro como forma de homenagem pela perda do território da Alsácia-Lorena, anexada ao Império alemão em 1871.

Place de la Concorde
Uma das estátuas que embelezam a Place de la Concorde

Hotel du Garde-Meuble

O Hotel du Garde-Meuble foi construído a mando do Rei Luís XV, quando ordenou ao arquiteto Ange-Jacques Gabriel a construção de duas fachadas neoclássicas, no local onde mais tarde surgiria a Place de la Concorde. Os dois edifícios idênticos foram construídos para serem escritórios do Estado Francês. Inicialmente, este edifício era a casa do Garde-Mobile Real, ou seja, o escritório que administrava todas as propriedades reais. Após o fim da Revolução Francesa passou a abrigar o mistério da Marinha Francesa, lugar que ocupou até 2015. Após passar por uma reforma passou a exibir os apartamentos do século XVIII do Intendente da Garde-Meuble assim como os salões e aposentos utilizados pela Marinha Francesa.

Veja quais os Passeios Românticos em Paris

A verdade é que a função inicial do edifício era que este servisse como um depósito de objectos decorativos, sendo algo que hoje em dia é possível perceber pois mantém um riquíssimo acervo. Esse acervo engloba pinturas, esculturas, tapeçarias, lustres, móveis assim como outras artes decorativas. Desde o final de 2021, o hotel du Garde-Meuble abriga a Coleção Al Thani. Ou seja, um conjunto de objectos de arte, provenientes dos 4 cantos do mundo e reunidos por Hamad bin Khalifa Al Thani, membro da família Real do Catar.

Hotel de Crillon

Situado a norte da Place de la Concorde, o Hotel de Crillon é um dos mais emblemáticos hotéis de Paris. Este edifício faz parte da outra fachada mandada construir por Rei Luís XV, a Ange-Jacques Gabriel. Ou seja, o segundo palácio neoclássico foi dividido em quatro lotes privados cujos proprietários teriam que erguer casas particulares atrás da fachada construída por Gabriel.

O Hotel de Crillon pertence a um desses lotes. Foi inaugurado em 1909, num edifício datado de 1758, mas este edifício em particular foi ocupado pela primeira vez por Louis Marie Augustin, Duque de Aumont.

Mais tarde, em 1775, o seu proprietário e arquiteto Louis-François Trouard fez algumas transformações, nomeadamente a construção do Salon Aigles. Em 1788, François Félix de Crillon comprou o edifício e o tornou na sua residência. Contudo, quando ocorreu a Revolução Francesa, o governo acabou por confiscar o local. Nesse período a casa foi utilizada pelo Rei Luís XVI e pela Rainha Maria Antonieta. Após, ter sido devolvida à família Crillon esta passou a lá viver até 1904, quando decidiram por à venda. Assim, em 1909 acabou por ser convertido num hotel pelas mãos do arquiteto Walter-André Destailleur.

Automóvel Clube de França

O Automóvel Clube de França é um clube privado francês, frequentado exclusivamente por homens e fundado em 1895. Desde 1901 a sua sede localiza-se nos hotéis Du Plessis-Bellière e Cartier, ou seja os outros dois lotes da fachada construída por Gabriel.

Place de la Concorde
Place de la Concorde à noite

Tanto o Hotel du Plessis-Bellière como o Hotel Cartier são mansões privadas e obra do arquiteto Pierre-Louis Moreau-Desproux. O primeiro feito para o Conselheiro-secretário do Rei e Tesoureiro-geral dos fundos da Polícia e o segundo construído a mando do próprio Cartier.

Eventos importantes na Place de la concorde

  • Em Maio de 1770 morrem 133 pessoas pisadas e sufocadas depois de se iniciar um incendio provocado por fogos de artifício
  • Entre 1793 e 1794 foi palco da execução de centenas de pessoas
  • Em 1830, Durante a Revolução de Julho, a praça foi palco de confrontos entre insurgentes e as tropas francesas
  • Em Janeiro de 1918 registou-se um acidente com um avião francês, após um tentativa de aterragem na praça
  • Fevereiro de 1934 ocorre uma manifestação antiparlamentar da extrema direita e que resultou em 20 mortos e 2300 feridos
  • Em Dezembro de 1993 uma ONG de combate ao HIV colocou um preservativo gigante no Obelisco
  • Em 2000 o alpinista Alain Robert escalou o Obelisco e chegou ao topo
  • No Verão de 2007 cortou-se a circulação na praça para as filmagens do filme de Éric e Ramzy, Seuls Two.

Afiliados

Vai viajar? Já reservou o seu hotel? Este blog tem parceria com o Booking. Cada vez reserva o seu hotel através do nosso blog, está a ajudar-nos, já que o nosso trabalho é voluntário.

Não deixe de fazer o seu seguro de viagem ou se preferir um seguro de acidentes de viagem para tornar a sua viagem mais tranquila. Pois a WorldNomads tem um conjuntos de seguros de viagens simples e flexíveis adequado às suas necessidades.

Ainda não adquiriu a passagem aérea? Viaje com a TAP e adquira voos a preços maravilhosos. E assim ajude o blog a manter-se.

Precisa de carros? Não deixe de reservar o seu carro com a DiscorverCars e obtenha os melhores preços.

Similar Posts

5 thoughts on “Place de la Concorde, a praça mais importante de Paris
  1. Quanta coisa importante já aconteceu na Place de la Concorde e aposto que ainda virão outras. Imaginar que o obelisco tem mais de 3.000 anos é impressionante, só isso já me faria colocá-la no roteiro. Fui à Paris algumas vezes e em todas elas passei por lá, seja, caminhando com calma ou no ônibus, é um lugar imprescindível para conhecer estando em Paris.

  2. Um dos ícones de Paris, mas não sabia metade dessas coisas sobre a Place de la Concorde. Quanto aos obeliscos egípcios que estão em Paris, Roma e Londres, entendo que sejam parte da história, presentes de príncipes e reis, mas acho que ficariam melhor em seus lugares de origem. O que você acha?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.