Destinos Europa Ilhas Ilhas dos Açores Portugal Praia Roteiros

O nosso roteiro em São Miguel: o que fazer em 4 dias na ilha açoriana

São Miguel

Os Açores era uma das viagens de sonho do meu marido, assim recentemente decidi aceder e programamos a nossa viagem para lá. Aproveitámos a viagem para comemorar os nossos 10 anos de casados e passar bons momentos em família, junto com os nossos dois filhos maravilhosos.

Roteiro em São Miguel - Cascata do Salto do Cabrito
Nós na Cascata do Salto do Cabrito

O Arquipélago dos Açores

O Arquipélago dos Açores é um território autónomo de Portugal, composto por nove ilhas espalhadas no Oceano Atlântico. As suas ilhas estão agrupadas em três áreas distintas, são elas o Grupo Oriental, composto por São Miguel e Santa Maria, o Grupo Central, com a Terceira, Graciosa, São Jorge, Pico e Faial e por fim o Grupo Ocidental composto pelas Flores e Corvo. De origem vulcânica, os Açores caracterizam-se pelas suas vinhas, lagos de crateras e fontes termais, sendo um território rico em beleza natural e protegido pela UNESCO.

Roteiro em São Miguel - Miradouro de Cerrado das Freiras
Miradouro do Cerrado das Freiras

Veja As Maravilhas Naturais de São Miguel nos Açores

A Ilha de São Miguel

São Miguel é a maior e mais diversificada ilha do arquipélago dos Açores. Conhecida pela sua paisagem exuberante de tons verdes e azuis e pela tradicional hospitalidade açoriana, São Miguel é uma autêntica joia da natureza. Ao visitar a ilha conte descobrir numerosos miradouros, com as mais espetaculares paisagens, inúmeras e magníficas praias de um azul invulgar e estonteante, montanhas e vales cobertos de uma vegetação singular, lagoas alojadas em crateras vulcânicas, assim como inúmeras fumarolas, géisers e nascentes de água quente.

Roteiro em São Miguel
Parque Florestal da Mata do Canário

O nosso roteiro

Parte Ocidental da ilha – 1º Dia

O nosso roteiro pela bonita Ilha de São Miguel iniciou-se na vila das Capelas, mais propriamente no Miradouro do Navio. Em tempos no local existia uma pequena embarcação, onde as pessoas podiam subir para olhar a paisagem. Mas no momento já não existe a dita embarcação, contudo continua a ser um local que vale a pena visitar. Além de ser um local muito bonito e com boas infra-estruturas oferece ainda uma paisagem maravilhosa.

Roteiro em São Miguel
Miradouro do Navio

Veja quais Os mais belos Miradouros de São Miguel

Seguimos depois até à Lagoa do Canário escondida no Parque Florestal da Mata do Canário, uma maravilhosa floresta típica da macaronésia. Apesar do nevoeiro, do vento e da chuva adorámos o local e a área envolvente.

Roteiro em São Miguel
Lagoa do Canário

O próximo destino foi o Miradouro da Vista do Rei. Este foi assim nomeado após a visita do Rei Dom Carlos, em 1901, e oferece-nos uma das mais belas paisagens de toda a ilha de São Miguel. Ali terá vista sobre a Caldeira das 7 Cidades, uma das maravilhas naturais mais famosas de todos os Açores. Esta cratera vulcânica das Sete Cidades possui cerca de 12 km de circunferência e é composta por dois lagos distintos, a Lagoa Azul e a Lagoa Verde. Neste miradouro é possível de facto ver a diferença de tonalidades entre a Lagoa Verde e a Lagoa Azul. Ali encontrará também as famosas ruínas do Monte Palace Hotel.

Miradouro da Vista do Rei
Miradouro da Vista do Rei

Descemos então em direção à vila das Sete Cidades mas pelo caminho ainda parámos no Miradouro Cerrado das Freiras, que nos oferece outra perspectiva da Lagoa das Sete Cidades. Ao passar a estrada poderá ver o Miradouro da Lagoa de Santiago, que nos dá uma vista maravilhosa sobre a Lagoa de Santiago, rodeada pela exuberante vegetação. Para mim, este é dos locais mais bonitos da Ilha de São Miguel.

Lagoa de Santiago
Lagoa de Santiago

Voltámos a entrar no carro e chegámos à icónica Ponte das Sete Cidades, que divide a Lagoa Verde da Lagoa Azul. Voltámos a encostar e a sair para apreciar a beleza destas duas lagoas. Depois de tirarmos umas fotos e apreciarmos a paisagem seguimos em direção à vila onde visitámos a Igreja São Nicolau. Esta é uma bonita igreja neogótica dedicada a São Nicolau, embelezada por uma bela alameda de criptomérias.

Roteiro em São Miguel
Igreja de São Nicolau

Rumámos depois até à costa oeste da ilha, onde encontrámos o Miradouro Lomba do Vasco, que nos oferece uma paisagem maravilhosa sobre a vila piscatória de Mosteiros. Descemos até à vila, onde vimos a Igreja Matriz e onde almoçámos. Depois de almoço fomos até à Praia dos Mosteiros, onde pudemos ver os bonitos e fotogénicos Ilhéus dos Mosteiros, que mais não são que quatro enormes rochedos, resultantes da erosão marinha. Esta praia de areia preta possui uma beleza invulgar onde o preto da areia contrasta com o azul cristalino do mar.

Partimos então até ao Miradouro da Ponta do Escavaldo, construído sobre uma escarpa falésia e que nos dá uma das paisagens mais bonitas da costa oeste da ilha de São Miguel. Ou seja, dali verá a Ponta da Ferraria assim como os Ilhéus dos Mosteiros. No passado era que aqui, deste miradouro, que se avistavam as baleias.

Miradouro Ponta do Escavaldo
Miradouro Ponta do Escavaldo

Na Ponta da Ferraria, uma fajã lávica, encontrará um local único e bem diferente do resto da ilha. A Ponta da Ferraria resultou do contato da lava quente com a água do mar e por ali terá a oportunidade de mergulhar na magnífica piscina natural. Esta pequena piscina é caracterizada pelas suas águas aquecidas pelos vapores vulcânicos mas ao mesmo tempo temperadas pela água fria do mar.

Piscinas Naturais da Ponta da Ferraria
Piscinas Naturais da Ponta da Ferraria

Seguimos o nosso roteiro até ao Miradouro Vigia das Baleias, que em tempos foi um dos locais de vigia das Baleias, quando a caça às baleias nos Açores era uma das principais actividades económicas.

Miradouro Vigia das Baleias
Miradouro Vigia das Baleias

O Miradouro do Caminho Novo foi o miradouro que visitámos a seguir. Este bonito miradouro localizado na freguesia de Relva foi um mirante usado em tempos para a vigia de baleias assim como de outros cetáceos.

Miradouro do Caminho Novo
Miradouro do Caminho Novo

Como o dia já ia longo e os miúdos estavam ansiosos por conhecer a piscina do hotel, decidimos dar o nosso dia por terminado e regressar à Ribeira Grande, onde estávamos alojados.

Dica de alojamento em São Miguel: Hotel Verde Mar & SPA

Furnas e Nordeste da Ilha – 2º Dia

O segundo dia do nosso roteiro em São Miguel iniciou-se na Fábrica de Chá Gorreana, que é mais antiga plantação de chá na Europa. Produzido desde 1883 o seu maior foco é o mercado internacional. Durante a visita tivemos a oportunidade de provar alguns dos seus chás e devo dizer que adorámos em particular o de chá verde e anís.

Fábrica de Chá Gorreana
Fábrica de Chá Gorreana

Depois da visitarmos a Fábrica de Chá seguimos em direção ao Vale das Furnas e pelo caminho encontrámos o Miradouro do Castelo Branco. Ali encontrará uma simples torre construída no cimo de um monte e de onde pudemos ver o Vale a Lagoa das Furnas assim como do mar com o Ilhéu de Vila Franca de Campo.

Seguimos depois em direção à Lagoa das Furnas é um dos locais mais bonitos das Furnas, enquanto nos íamos encantando com toda a paisagem à volta. Ao chegar ao local encontrámos a belíssima Capela Nossa Senhora das Vitórias, considerada uma das capelas mais imponentes de todo o arquipélago. Esta bela capela neogótica foi mandada construir como prova de devoção de um morador local.

Roteiro em São Miguel
Capela Nossa Senhora das Vitórias

No Vale das Furnas encontramos as Caldeiras das Furnas, onde vimos as fumarolas provenientes dos fenómenos de vulcanismo que ocorrem na zona. Esta é uma das zonas mais famosas de todo o arquipélago e que vale sem dúvida uma visita. Agora se for sensível a cheiros, não aconselhamos de todo que vá. No local poderá ver vários fenómenos únicos, como géiseres, lama vulcânica medicinal, entre outros, que o deixarão completamente estupefacto. Para completar este cenário terá a belíssima lagoa das Furnas assim como uma vegetação exuberante.

Fumarolas
Fumarolas

Fomos depois até ao Parque Terra Nostra, um dos parques mais bonitos do mundo. Este é um magnífico Jardim Botânico, onde aproveitámos para tomar um banho na famosa piscina de origem vulcânica e ver a a magnífica fauna e flora que compõem o local.

Parque Terra Nostra
Parque Terra Nostra

Depois de passarmos umas horas no Parque Terra Nostra fomos até ao Miradouro Pico do Ferro, onde tivemos mais uma perspectiva da cratera vulcânica e da Lagoa das Furnas.

Seguimos em direção à Cascata da Ribeira Quente, mas não conseguimos tirar fotos, pois a mesma localiza-se no meio de um túnel que estava em obras, sendo impossível parar o carro. Como tal, decidimos ir até ao próximo local, o Miradouro Ribeira Quente. Depois de tirar todas as fotos fomos até à Praia do Fogo, onde aproveitámos para respirar a brisa do mar brincar um pouco com os miúdos.

Praia do Fogo
Praia do Fogo

Após sairmos da Praia do Fogo acabámos, por acaso, por descobrir o Miradouro Pico dos Bodes. Este belo Miradouro oferece-nos uma vista de 360º desde o litoral até a Faial da Terra e Vila Franca do Campo.

Roteiro em São Miguel
Miradouro Pico dos Bodes

A próxima paragem foi localidade da Povoação, uma pequena vila da costa oriental da ilha, onde existem várias atrações a serem visitadas. Nomeadamente, o Forte, a praia, o Museu do Trigo, entre outros.

Seguimos depois em direção a dois dos mais belos miradouros da Ilha de São Miguel. São eles o Miradouro Ponta da Madrugada e o Miradouro Ponta do Sossego. Destes belos miradouros pode-se ver toda a costa norte da ilha assim como algumas das montanhas do Nordeste da ilha.

Antes de darmos por terminado o nosso dia decidimos ir ainda ao Miradouro Despe-te que suas e ao Miradouro do Salto da Farinha.

Miradouro Despe-te que suas
Miradouro Despe-te que suas

Ribeira Grande – 3º Dia

Iniciámos o terceiro dia do roteiro em São Miguel na Fábrica de Chá Porto Formoso, que é conhecida pela produção dos seus chás da espécie Camellia Sinensis. Depois de um vídeo explicativo da história da Fábrica tivemos a oportunidade de provar um dos chás desta fábrica.

Fábrica de Chá Porto Formoso
Fábrica de Chá Porto Formoso

Depois decidimos dedicar o resto da manhã à cidade da Ribeira Grande, que era o local onde estávamos alojados. Começámos por visitar o Museu Municipal da Ribeira Grande, localizado no Antigo Solar de São Vicente Ferreira. Ali vimos exemplares únicos da cultura ribeiragrandense e micaelense.

Visitámos também o Museu da Emigração Açoriana, localizado no Antigo Mercado de Peixe da Ribeira Grande. Ali é dado a conhecer um pouco da história da emigração portuguesa, que saíram do seu país em busca de melhores condições de vida.

roteiro em São Miguel
Edifício do Museu da Emigração Açoriana

O Arquipélago Centro de Artes foi o local seguinte do nosso passeio pela Ribeira Grande. este é um projecto que pretende criar, produzir e difundir a arte contemporânea.

Seguimos depois em direção à Cascata do Salto do Cabrito, um lugar de difícil acesso mas que vale muito a pena. Esta é uma queda de água com cerca de 40 metros de altura que cai por entre os enormes rochedos. Para quem gosta de água fria pode dar um mergulho na pequena lagoa que ali se forma.

Roteiro em São Miguel
Cascata do Salto do Cabrito

Decidimos depois seguir até ao Miradouro da Lagoa do Fogo e rezar para que o nevoeiro não impedisse de vermos aquela que é por muitos considerada a mais bela lagoa de São Miguel. esta bela lagoa é a segunda maior da ilha de São Miguel, localizando-se dentro da cratera de um vulcão, tendo sido classificada como reserva natural em 1974. Honestamente não tivemos grande sorte e como tal não foi dos locais que mais nos encantou.

Roteiro em São Miguel
Miradouro Lagoa do Fogo

Considerados por muitos como a zona mais costeira mais bonita da ilha a Caloura destaca-se pelo seu porto de pesca e piscinas naturais. Como tal, decidimos que seria a nossa próxima paragem. Visitámos ainda o Miradouro do Pisão e apreciámos a paisagem sobre o Porto de Pescas e a Piscina Natural da Caloura.

Miradouro do Pisão
Miradouro do Pisão

Fomos depois até à Cascata do Segredo, uma recondida queda de água, rodeada por uma bonita vegetação e que forma uma pequena lagoa. Mas prepare-se para uma pequena e íngreme caminhada para chegar ao seu destino.

Terminámos o dia em Vila Franca do Campo, uma localidade rica em histório, património natural e arquitetónico.

Ponta Delgada – 4º Dia

Decidimos visitar a cidade de Ponta Delgada apenas no último dia. Até porque só tínhamos voo ao final do dia e assim conseguíamos visitar a cidade sem pressas. Iniciámos o nosso passeio pela capital da ilha de São Miguel na famosa Plantação de Ananases Arruda. O famoso Ananás dos Açores é produzido em estufas de vidro, através da utilização de antigas técnicas de cultivo. Depois da visita tivemos a oportunidade de degustar alguns dos seus produtos, como por exemplo o licor e a compota de ananás.

Fomos depois em direção ao Mercado da Graça, mas antes passámos pelo Teatro Micaelense. Este belo teatro foi construído na década de 50 e requalificado recentemente, sendo um local importante para a vida social e cultural da ilha.

Teatro Micaelense
Teatro Micaelense

Já o Mercado da Graça foi construído em meados do século XIX para puder substituir os antigos locais de comércio dos produtos agrícolas e de gado.

Mercado da Graça
Mercado da Graça

Após uma paragem para almoço seguimos até ao Forte de São Brás e Museu Militar. O Forte foi construído em 1552 para servir de fortaleza, de modo a proteger o extremo ocidental do Porto de Ponta Delgada. Atualmente, alberga o Museu Militar, onde é possível ver um vasto património móvel militar.

Museu Militar
Parte do acervo do Museu Militar

Bem próximo ao Forte está a Igreja de São José, que foi a nossa paragem seguinte. Esta igreja, construída em 1709, é conhecida pelas suas características da arquitetura colonial portuguesa assim como a exuberância barroca.

Igreja de São José
Igreja de São José

Na mesma praça está o Convento de Nossa Senhora da Esperança, construído em 1545, é um dos conventos mais importantes de Portugal.

Convento de Nossa Senhora da Esperança
Convento de Nossa Senhora da Esperança

Para terminar a nossa passagem por Ponta Delgada fomos até às Portas da Cidade e à Igreja Matriz de São Sebastião. As Portas da Cidade foram construídas em pedra vulcânica regional, em 1733. Estas são constituídas por três arcos que são o cartão postal de Ponta Delgada. Já a Igreja Matriz

Ainda tínhamos algum tempo restante mas quando chegámos ao local que queria visitar os miúdos tinham adormecido no carro e não tivemos coragem de os acordar, afinal de contas pouco tinham dormido durante estes dias em São Miguel. Assim demos por terminada a nossa comemoração de 10 anos e fomos até ao aeroporto.

Outros roteiros à volta do Mundo

Afiliados

Vai viajar? Já reservou o seu hotel? Este blog tem parceria com o Booking. Cada vez reserva o seu hotel através do nosso blog, está a ajudar-nos, já que o nosso trabalho é voluntário.

Não deixe de fazer o seu seguro de viagem ou se preferir um seguro de acidentes de viagem para tornar a sua viagem mais tranquila. Pois a WorldNomads tem um conjuntos de seguros de viagens simples e flexíveis adequado às suas necessidades.

Ainda não adquiriu a passagem aérea? Viaje com a TAP e adquira voos a preços maravilhosos. E assim ajude o blog a manter-se.

Precisa de carros? Não deixe de reservar o seu carro com a DiscorverCars e obtenha os melhores preços.

Similar Posts

7 thoughts on “O nosso roteiro em São Miguel: o que fazer em 4 dias na ilha açoriana
  1. Meu Deus que lugar lindo!! Bem do jeito que eu gosto! Sabe dizer se é possível acampar por lá??? Nunca ouvi falar desse lugar, aliás ainda não conheço a Europa! Me encantei demais por São Miguel!

  2. Cada foto mais linda que a outra, eles são de tirar o fôlego 😱😱😱
    Meus pais já visitaram e essa semana conversando com eles, me falaram coisas incríveis dessse local, aí pesquisei e encontrei seu blog e já não saio mais daqui! Amei a forma que você escreve sua experiências e deixa a gente aqui do outro lado ainda com mais vontade de visitar 🥰

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.