Atracções Destinos Dicas Europa Portugal Roteiros Santarém

Visitar Tomar: o que ver e fazer na cidade dos Templários

Tomar

Tomar é uma cidade absolutamente encantadora cheia de pontos de interesse quer históricos e religiosos quer culturais e paisagísticos. Até porque é o local onde estão guardados alguns dos maiores segredos da Ordem dos Templários e onde o Infante Dom Henrique planeou toda a jornada dos Descobrimentos. Assim, venha connosco descobrir o que ver e fazer ao visitar Tomar, a magnífica cidade dos Templários.

Praça da República à noite
Praça da República à noite

Onde se localiza

Tomar, localizada no centro de Portugal, pertence ao distrito de Santarém. Esta cidade ribatejana é atravessada pelo Rio Nabão, um dos afluentes do Rio Zêzere. Devido à sua localização privilegiada no coração de Portugal está a uma pequena distância de cidades como Fátima, Coimbra, Leiria, Castelo Branco e Portalegre.

Um pouco de história

Tomar foi fundada pelos Templários no século XII. Estes eram uma irmandade de monges-guerreiros, provenientes da França e da Borgonha, que tinham como objetivo proteger os peregrinos que se deslocavam a Jerusalém, além de defender os estados cristãos da Terra Santa, nomeadamente Portugal.

Um dos elementos do Centro interpretativo Tomar Templário
Um dos elementos do Centro interpretativo Tomar Templário

Como forma de agradecimento, e após terem ajudado Dom Afonso Henriques, durante a Reconquista Cristã, a conquistar Santarém e Lisboa aos mouros, este ofereceu as terras no centro de Portugal, à Ordem dos Templários. Então em 1160, o Grão-Mestre Templário Gualdim Pais funda a cidade de Tomar e constrói o Castelo e o Convento de Cristo, que passou a ser o sede desta ordem religiosa militar. E durante mais de 200 anos a cidade esteve protegida por eles.

Dica de alojamento em Tomar: Casa dos Ofícios Hotel

Oficialmente, a Ordem dos Templários extinguiu-se em 1312, após o Papa Clemente V assim o ordenar. Contudo, Dom Dinis arranjou forma de contornar a situação e transformou a Ordem dos Templários em Ordem de Cristo, transferindo todos os bens da extinta ordem para a nova ordem.

Visitar Tomar: o que ver e fazer na cidade dos Templários

Visitar Tomar é uma verdadeira experiência templária que engloba mais do que uma visita a um dos castelos mais emblemáticos de Portugal e a alguns edifícios históricos do nosso pais. Assim, venha connosco descobrir o que ver e fazer na Cidade dos Templários.

Descobrir o Convento de Cristo em Tomar

Explore o Convento de Cristo e o Castelo de Tomar

O Castelo de Tomar, também conhecido como Castelo dos Templários, mandado construir pelo Mestre Gualdim Pais em 1160, integra o conjunto arquitetónico e monumental do Convento de Cristo. Localizado no ponto mais alto de Tomar e classificado como Património da Humanidade, pela UNESCO, em 1983, este castelo apresenta elementos da arquitetura militar nos estilos românicos, gótico e renascentista.

Castelo de Tomar
Castelo de Tomar

O Convento de Cristo é o cartão postal da cidade de Tomar. Património Mundial da Humanidade, este foi construído dentro das muralhas do castelo, entre o século XII e o século XVII. Ao longo da sua existência teve diversos tipos de utilização e sofreu diversas alterações, que resultaram numa mistura de estilos arquitetónicos única. Ou seja, ao visitar este belo monumento encontrará traços românicos, góticos, manuelinos, renascentistas, maneiristas e até estilo chão. Os principais destaques do convento vão para a sua magnífica Charola Templária, a deslumbrante janela Manuelina e os seus inúmeros claustros.

Visitar Tomar
Um dos claustros do Convento

Desbrave a Mata Nacional dos Sete Montes

A Mata Nacional dos Sete Montes é o principal parque da cidade de Tomar. Esta magnífica zona verde faz a ligação da cidade ao Castelo, sendo conhecida como a Cerca do Convento de Cristo. Em tempos terá sido utilizada, pelos membros da Ordem de Cristo como local de recolhimento e também local para a prática agrícola. São cerca de 39 hectares de vegetação frondosa de ciprestes, olaias, carvalhos e oliveiras assim como vários elementos decorativos, nomeadamente a famosa “Charolinha”.

Mata Nacional dos Sete Montes
Entrada da Mata Nacional dos Sete Montes

Visite o Convento de São Francisco e o Museu dos Fósforos

Ao visitar Tomar não pode deixar de ir ao Convento de São Francisco, fundado em 1624 pela comunidade franciscana, proveniente da comunidade religiosa de Santa Cita. Após a extinção das ordens religiosas, o Convento passou para as mãos do Ministério da Guerra e acomodou um batalhão militar. Mandado edificar pelo Rei Filipe III, caracteriza-se pelo seu estilo maneirista, bem patente na igreja que faz parte do convento. O Convento é composto por dois claustro, um dos quais abriga o original Museu dos Fósforos.

Convento de São Francisco
Convento de São Francisco

O Museu dos Fósforos abriu portas em 1989, após o tomarense Aquiles da Mota Lima doar toda a sua coleção de caixas, etiquetas e carteiras de fósforos ao Município de Tomar. Conhecido por ser um dos mais originais museus da Europa, o Museu dos Fósforos possui um espólio com mais de 80000 caixas, etiquetas e carteiras de fósforos espalhadas por sete salas.

Descobrir os Museus de Tomar

Conheça a Sinagoga e a Antiga Judiaria de Tomar

A Sinagoga de Tomar, localizada na Antiga Judiaria da cidade, foi construída entre 1430 e 1460, a mando do Infante Dom Henrique, sendo a mais antiga e bem cuidada sinagoga de Portugal. O infante mantinha uma relação de proximidade com a comunidade judaica, assim quando a comunidade começou a aumentar em Tomar, houve a necessidade da criação de um local para a prática do seu culto.

Visitar Tomar - Ruas da Antiga Judiaria
Ruas da Antiga Judiaria

Com uma arquitetura simples, este pequeno templo abriga o Museu Hebraico Abraão Zacuto, cujo acervo engloba livros, objetos tradicionais da cultura hebraica, objetos de culto, lembranças de visitantes, assim como lápides de personalidades judaicas relevantes.

Sinagoga de Tomar
Sinagoga de Tomar

Fotografe a Praça da República e a Igreja de São João Batista

A Praça da República além da principal praça de Tomar é também o centro da cidade. Esta é uma praça quadrada, onde se localizam edifícios importantes, como por exemplo, o edifício dos Paços do Concelho, o Palácio da Dona Maria da Silveira e a Igreja de São João Batista. Bem no centro da praça é possível ver a estátua do Mestre Templário e fundador da cidade, Dom Gualdim Pais.

Visitar Tomar - Praça da República
Praça da República com os Paços do Concelho ao fundo

Aliás, terá sido ele que mandou construir a igreja primitiva que mais tarde deu lugar à Igreja de São João Batista. Mas é com o Infante Dom Henrique que se dá a construção da atual igreja, por volta de 1430. Este é um templo gótico-tardio, com planta retangular constituída por três naves e com uma bela torre sineira. O principal destaque desta igreja vai para a sua torre de três corpos assim como para o seu belo portal de estilo gótico.

Caminhe pela Corredoura

A Rua Serpa Pinto, mais conhecida como a Corredoura, é uma das principais ruas de Tomar. Inicialmente, era a estrada utilizada pelos cavaleiros que iam para o castelo. Hoje em dia, é uma rua pedonal, de calçada portuguesa, e principal rua comercial do centro histórico de Tomar. Ali encontram-se algumas das mais antigas lojas comerciais da cidade. Como por exemplo, o Café Paraíso, café fundado em 1911 e um dos principais cafés de Tomar, a Pharmácia Pinheiro, com mais de 140 anos, a Residencial União ou ainda a Confeitaria Estrelas de Tomar.

Atravesse a Ponte Dom Manuel I

A Ponte Dom Manuel I, mais conhecida por Ponte Velha, é uma autêntica obra de arte, que atravessou vários séculos desde a sua construção. Ao longos desses séculos, principalmente a partir do século XVI sofreu algumas alterações mas manteve sempre a sua linha arquitetónica romana. É um dos ex-libris da cidade.

Ponte Velha de Tomar
Ponte Velha

Descubra o Complexo Cultural da Levada de Tomar

O Complexo Cultural da Levada de Tomar é um conjunto edificado que remonta aos finais do século XII e contíguo ao Rio Nabão. O objetivo deste complexo é contar um pouco da história de Tomar assim como da indústria associada ao rio. Assim, todo o complexo é composto pela estrutura do Açude dos Frades e da levada além dos edifícios de antigos moinhos e lagares, duas antigas fábricas de moagem e uma central elétrica. No local é ainda possível encontrar o Centro interpretativo Tomar Templário assim como a Casa dos Cubos, sede do Centro de Estudos em Fotografia de Tomar.

Complexo Cultural da Levada de Tomar
Complexo Cultural da Levada de Tomar

Aprecie o Rio Nabão e a Roda do Parque do Mouchão

A Roda do Parque do Mouchão é um dos ex-libris da cidade de Tomar, construído em 1906. Evocando a memória árabe, esta é uma roda hidráulica feita em madeira inserida do Parque do Mouchão. Inicialmente, esta nora aproveitava a força das águas para regar os campos ao redor e transportar a água para os moinhos e lagares.

Roda do Parque do Mouchão
Roda do Parque do Mouchão

Já o Parque do Mouchão é um paraíso verde, composto por árvores frondosas, zonas floridas e campos relvados, localizado numa pequena ilha ligada à cidade pelas pontes pedonais, que conferem um cenário de filme ao local.

Jante na Antiqua Taverna

Termine a sua vista à cidade dos Templários com um jantar na Taverna Antiqua, localizada na Praça de República. Este é um restaurante temático, onde é recriada a era medieval num ambiente único e com uma refeição também ela de cariz medieval, com uma ementa semelhante à daquela altura. Todos os detalhes são pensados, desde as louças, a iluminação, decoração até à indumentárias dos empregados, sendo esta uma verdadeira experiência gastronómica. E posso dizer que apesar de não ser um tipo de comida que aprecie fiquei agradavelmente surpreendida pois está bem saborosa.

Afiliados

Vai viajar? Já reservou o seu hotel? Este blog tem parceria com o Booking. Cada vez reserva o seu hotel através do nosso blog, está a ajudar-nos, já que o nosso trabalho é voluntário.

Não deixe de fazer o seu seguro de viagem ou se preferir um seguro de acidentes de viagem para tornar a sua viagem mais tranquila. Pois a WorldNomads tem um conjuntos de seguros de viagens simples e flexíveis adequado às suas necessidades.

Ainda não adquiriu a passagem aérea? Viaje com a TAP e adquira voos a preços maravilhosos. E assim ajude o blog a manter-se.

Precisa de carros? Não deixe de reservar o seu carro com a DiscorverCars e obtenha os melhores preços.

Quer escolher os melhores passeios para a sua viagem? Reserve então com a Tiqets e usufrua dos melhores passeios.

Similar Posts

5 thoughts on “Visitar Tomar: o que ver e fazer na cidade dos Templários
  1. Gosto muito de Tomar. Não ache que conheça bem, mas acho uma cidade muito simpática. Ando em expectativa para ir assistir a festa dos tabuleiros. Ainda só consegui ir ao Cortejo dos Rapazes.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.