Destinos Europa Itália

Visitar Veneza

Onde ficar em Veneza

Veneza será a primeira (espero que de muitas) cidades que vos falarei. Assim, no “Visitar Veneza” tentarei falar um pouco do local.
Posso-vos dizer que não foi de todo uma cidade que me tenha encantado. Foi um dos locais que visitei durante a minha lua-de-mel e realmente fiquei um pouco desiludida. Apesar de tudo decidi que devo dar uma segunda oportunidade a esta cidade e se tudo correr como previsto regressarei lá este ano, para visitar outras áreas da cidade.
 
 
Visitar Veneza
Ponte di Rialto
 

Geografia

 
A cidade de Veneza divide-se em 5 áreas centrais, San Marco, San Polo e Santa Croce, Cannaregio, Castello bem como o Dorsoduro, das quais vos falarei pormenorizadamente mais à frente.
Esta cidade foi totalmente construída sobre a água e conseguiu sobreviver sem carros até ao século XXI. De notar, que poucas cidades possuem tantas atracções para quem as visita como Veneza.
 
 
Ponte dos Suspiros
Ponte dos suspiros em Veneza
 

História de Veneza

A cidade de Veneza foi fundada no ano de 421, quando os habitantes do nordeste italiano se refugiaram nas várias ilhas existentes, formadas por dunas de areia, a noroeste do mar Adriático, que fugiam das invasões bárbaras. Assim, estes necessitaram de encontraram outro local para viverem e escolheram as terras pantanosas que desembocavam no rio Po.

Para tornar o local habitável, os colonos foram construindo canais e ponte, drenando as margens dos canais e colocando estacas de madeira na lama do fundo das águas. Essas estacas acabaram por servir de para as plataformas que serviam de base para muitas das construções da cidade. Assim, nasceu Veneza, uma das cidades mais bonitas do mundo.

Cannagerio
Cannagerio

Mais tarde, durante o século XIII, Veneza entra nos seus tempos áureos devido à sua posição estratégica entre o Oriente e Ocidente, tornando-se a principal potência comercial da Europa. Contudo, a descoberta do caminho marítimo para a Índia e consequentemente de outra rota de navegação, a cidade começou a perder importância. 

Aliado a isso Veneza perdeu a sua independência, quando Napoleão Bonaparte invadiu e saqueou a cidade. Durante alguns anos foram alvo de disputa entre franceses e austríacos e mais tarde, já no século XIX com a assinatura do Tratado de Veneza, a cidade passou a ser território italiano.

A nossa dupla experiência

 
Dando a  minha opinião pessoal (que vale o que vale), a cidade não me deslumbrou. É uma cidade muito cara, não se come bem (eu que adoro a bela cozinha italiana) além disso hotéis deixam muito a desejar. Posso dizer que paguei perto de 500€ por uma noite e fiquei numa bela de uma espelunca, no hotel La Fenice et des artistes. Tenho ficado em pensões de 30 euros em Portugal bem melhores. E os italianos (de Veneza) não são propriamente simpáticos.
 
Ainda assim, tenho que dizer que andei de Gondola (que também não é nada barato) e não achei que os canais tivessem mau cheiro. Além de que fiquei encantada com as lojas de altas marcas e com a beleza das igrejas. E sem dúvida que a Piazza de San Marco é um encanto.
 
 
Visitar Veneza
Passeio de Gondola em Veneza
 
 
 
 
Posteriormente, decidi dar outra oportunidade à cidade e regressei para visitar Veneza. Optei por percorrer as partes menos turísticas e ser eu a escolher o meu próprio hotel, em vez de deixar nas mãos de agências de viagem. Resultado? Passei a ver Veneza com outros olhos e a amar a cidade. A partir daí percebi que sou o género de viajante que prefiro visitar as áreas menos conhecidas e não tão turísticas das cidades.

Afiliados

Vai viajar? Já reservou o seu hotel? Este blog tem parceria com o Booking. Se pretende fazer a sua reserva para ficar alojado em Veneza, contrate o serviço aqui e estará a ajudar o nosso blog, já que o nosso trabalho é voluntário.

Não deixe de fazer o seu seguro de viagem ou se preferir um seguro de acidentes de viagem para tornar a sua viagem mais tranquila. Pois a WorldNomads tem um conjuntos de seguros de viagens simples e flexíveis adequado às suas necessidades.

Ainda não adquiriu a passagem aérea? Viaje com a Iberia e adquira voos a preços maravilhosos. E assim ajude o blog a manter-se.

Similar Posts

6 thoughts on “Visitar Veneza

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.