Destinos Dicas

Motivos para fazer um seguro de viagem

Indispensáveis de viagem

Viajar fica caro, mas os percalços durante a viagem, podem torná-la ainda mais cara. Assim, é importante que antes de viajar faça um bom seguro de viagem, como forma de garantir uma viagem com responsabilidade e tranquilidade. Viajar com responsabilidade implica garantir que possui forma de resolver qualquer situação que surja no caminho.

Veja também o nosso artigo Como planear uma viagem independente.

Quando considera fazer um seguro de viagem, deve sempre ter em conta o local para onde vai viajar e as atividades que pretende fazer. Depois há que adequar o seguro às necessidades de cada um. Os pacotes personalizados feitos por seguradoras como a World Nomads geralmente atendem todas as necessidades.

Motivos para fazer um seguro de viagem

O que é um seguro de viagem

Um seguro de viagem é uma espécie de seguro de saúde temporário, bem como uma garantia de auxílio em caso de necessidade. É válido apenas para os dias da viagem e dentro das clausulas acordadas entre o viajante e a seguradora.

Convém ter em atenção a diferença entre seguro de viagem e assistência de viagem, pois são coisas diferentes e pode pensar que está contratar uma e não ter esse benefício. O seguro prevê que o viajante pague as despesas do seu bolso e posteriormente seja ressarcido, já a assistência de viagem é a seguradora que arca com as despesas logo de início.

Assim venha connosco descobrir 5 motivos para fazer um seguro de viagem.

Cobertura para tratamento de saúde e evacuação

A maior parte das pessoas que possuem seguros de saúde, acham que estes cobrem as situações ocorridas durante uma viagem. Mas na maioria das vezes tal não é verdade. Assim, é necessário que ao contratar um seguro de viagem, se tenha atenção e se contrate uma cobertura médica, para eventual tratamento ou até evacuação. Os serviços incluídos variam consoante a apólice contratada mas geralmente incluem entre o facilitar na localização de ajuda médica, transporte para o hospital e em alguns casos a evacuação para o país de origem.

veja também Doenças comuns em viajantes

Acordo de Schengen

O Acordo de Schengen é uma convenção entre os países europeus sobre a abertura de fronteiras e livre circulação entre as pessoas dos países que assinaram o documento. Contudo, o acordo também decretou a obrigatoriedade de contratação de um seguro de saúde de viagem para quem não pertença a um dos países signatários. Garantindo, deste modo que todo o turista consegue pagar as despesas médicas que eventualmente possam surgir.

Cartão Europeu de Seguro de Doença

O Cartão Europeu de Seguro de Doença é um cartão que permite a qualquer pessoa que seja abrangida por um regime de proteção social de um dos 27 Estados-Membros da União Europeia, Islândia, Listenstaina, Noruega, Suíça e Reino Unido obter cuidados de saúde juntos dos prestadores de cuidados de saúde. É gratuito.

Motivos para fazer um seguro de viagem

Perda de documentos no exterior

Perder os documentos em uma viagem, pode ser das maiores dores cabeça possíveis durante as suas férias. E a verdade é que a perda de um documento pode atrasar ou impedir o seu regresso a casa. Logo, este é um dos motivos para fazer um seguro de viagem.

Um bom seguro de viagem incluirá ajuda para substituir os seus documentos e ajudá-lo a regressar a casa. Frequentemente, as seguradores oferecem apoio 24 horas por dia e dará as orientações necessárias para resolver o seu problema.

Bagagem Perdida

A perda de bagagem é uma situação mais comum do que se possa imaginar. Imagine chegar ao destino, estar à espera da sua bagagem e perceber que esta não aparece na esteira? Além da perda dos seus pertences, tem ainda que gastar dinheiro para adquirir roupas e afins.

Ao contratar um seguro que tenha em conta a perda da bagagem, a própria seguradora tratará com a companhia aérea a forma mais fácil de resolver a situação.

Roubo

Imagine coisa pior do que ser assaltado durante a sua viagem dos sonhos. Ao contratar um seguro de viagem não se esqueça de incluir uma clausula para roubos. Esta é uma cobertura algo polêmica, pois geralmente as seguradoras apresentam algumas restrições, que quem contrata o seguro pode não perceber.

Muitas vezes para que o roubo seja considerado este tem que ser violento ou com intimação, já que os furtos geralmente são excluídos. Por outro lado, é sempre necessário fazer queixa nas autoridades competentes, pois é obrigatório apresentar o auto da queixa.

Doença antes da viagem

Um dos motivos que mais origina cancelamentos de viagens são o aparecimento de doenças antes da viagem e a impossibilidade de realizar a mesma. Como tal, é de extrema importância incluir isso na sua apólice de seguro, ainda mais se for uma viagem mais cara. Contudo, deve ter em atenção, porque a maioria dos seguros não cobre a totalidade do valor da viagem, ao mesmo tempo que exigem uma data de documentação para comprovar a impossibilidade de viajar.

Vale lembrar que em alguns países o seguro de saúde é uma exigência para que possa entrar no país. E caso não o tenha, corre o risco de ser barrado na imigração. Por outro lado, imagine o descanso que não será ter auxílio em uma situação de emergência. Como tal, tenha em atenção os vários motivos para fazer um seguro de viagem e não facilite.

Afiliados

Vai viajar? Já reservou o seu hotel? Este blog tem parceria com o Booking. Se pretende fazer a sua reserva para ficar alojado em Portugal, contrate o serviço aqui e estará a ajudar o nosso blog, já que o nosso trabalho é voluntário.

Não deixe de fazer o seu seguro de viagem ou se preferir um seguro de acidentes de viagem para tornar a sua viagem mais tranquila. A WorldNomads tem um conjuntos de seguros de viagens simples e flexíveis adequado às suas necessidades.

Ainda não adquiriu a passagem aérea? Viaje com a Iberia e adquira voos a preços maravilhosos. E ajude o blog a manter-se.

Similar Posts

9 thoughts on “Motivos para fazer um seguro de viagem
  1. Eu nunca viajei e nem viajarei sem seguro viagem, principalmente viagem internacional. Já precisei acionar o seguro quando fraturei o cóccix em Banff, no Canadá. Se eu tivesse que pagar do bolso o médico minha viagem teria virado um pesadelo. O Seguro mandou U$1.000,00 para o consultório só pra me atenderem, me darem anti-inflamatório, um analgésico forte e falarem pra eu procurar um hospital quando chegasse no Brasil. (Infelizmente não tinha hospital, nem raio x no vilarejo). Se eu tivesse ido no hospital de Calgary , a 1h de lá, e tirasse raio X, certeza que não sairia menos de U$10.000 para o seguro. Por isso, sinceramente acho que economizar em seguro viagem é burrice. As vezes o barato sai é muito caro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.