Destinos Europa Ilha da Madeira Ilhas Portugal

O que ver e fazer na Ilha da Madeira

O que ver e fazer na Ilha da Madeira

A Ilha da Madeira, situa-se no meio do Oceano Atlântico sendo conhecida no Mundo como um “Jardim Flutuante”, dada a sua beleza inigualável. Esta foi descoberta pelos navegadores portugueses Tristão Vaz Teixeira, Bartolomeu Perestrelo e João Gonçalves Zarco, em 1419 e de forma acidental. A Ilha foi denominada Madeira, pois estava repleta desta matéria-prima.

O que ver e fazer na Ilha da Madeira
Funchal

A Ilha da Madeira, de origem vulcânica, foi considerada por seis anos consecutivos como o melhor destino insular do mundo, pelos World Travel Awards. Este ano está novamente nomeada. E é fácil perceber porquê. Pois, aqui encontrará uma ilha verdejante, tropical com flores e frutas exóticas, conhecida pela sua belíssima gastronomia e bom vinho.

Confira o nosso post Descobrir a Ilha da Madeira.

Com imensas coisas para visitar, fizemos uma lista com o que ver e fazer na bela Ilha da Madeira, o local ideal para aqueles que procuram um sítio com paisagens naturais únicas, no sentido a vos ajudar a fazer o vosso roteiro.

Descobrir a Sé Catedral do Funchal

A Sé Catedral do Funchal, ou Igreja de Nossa Senhora da Assunção é o principal templo religioso da Ilha, elevada a Património Nacional em 1910. Construída a mando de D. Manuel I e ficou a cargo do arquitecto Pero Anes.

O que ver e fazer na Ilha da Madeira
Sé Catedral do Funchal

Concluída em 1514, os seus principais destaques Catedral são o cadeiral da capela-mor e uma bonita cruz processional oferecida por D. Manuel I. Esta bela igreja é composta por 3 naves com transepto, resultando num edifício bem luminoso.

Perder-se no Mercado dos Lavradores

O Mercado dos Lavradores é conhecido pelas flores e pelas bancas cheias de produtos característicos da Ilha da Madeira. Este é um reflexo da arquitectura do Estado Novo.

Inaugurado em 1940, o Mercado dos Lavradores possui belos painéis de azulejos da Faiança Batisttini da Maria Portugal, que ornamentam a entrada, a peixaria e a porta principal.

Como resultado encontrará um local com a azáfama característica de um mercado típico, onde se misturam cores, sabores, cheiros e pessoas, num ambiente de grande agitação.

O que ver e fazer na Ilha da Madeira - Mercado dos Lavradores
Mercado dos Lavradores

Beber na Blandy’s Madeira – Wine Lodge

A The Old Blandywine Lodge, localizada nas antigas adegas de Vinho Madeira, no convento Franciscano, apresenta artefactos únicos e documentos que relatam a história da família Blandy e dos seus vinhos.

A Blandy’s foi comprada por Jonh Blandy em meados do séc.XIX, e além das adegas e armazéns possui ainda um museu com objetos valiosíssimos. Como por exemplo, cartas do Sir Winston Churchill, moedas do banco Blandy e ainda o lagar de madeira mais antigo da ilha, do séc. XVII.

O que ver e fazer na Ilha da Madeira
Blandy’s Madeira – Wine Lodge

Para puder fazer a visita é necessário marcação. O bilhete contempla a visita guiada (que pode ser feita em várias línguas) e uma prova de diferentes Vinho Madeira. Não deixe de ler o nosso post sobre a nossa visita à Descobrir a Blandy’s Madeira – Wine Lodge.

Subir ao Pico do Areeiro

Este é um dos picos mais altos da ilha, a 1818 metros de altitude. Aqui pode avistar o trilho que liga o Pico do Areeiro ao Pico Ruivo, o pico mais alto da ilha. Se tiver a sorte de visitar o local com sol, terá como resultado uma das paisagens mais bonitas de toda a Ilha da Madeira. Avistando igualmente o Curral das Freiras e até a Ilha de Porto Santo.

Caso seja fã de trilhas pode fazer uma desafiante trilha que liga o Pico do Areeiro ao Pico Ruivo e que dura cerca de 3 horas de percurso. Mas se tiver possibilidade de visitar o local na altura do pôr do sol, tenho a certeza que não ficará desiludido e terá uma das experiências mais incríveis da sua vida.

Experimentar fazer uma caminhada por uma Levada

A sua viagem à Madeira só fica completa se conseguir percorrer uma Levada. As Levadas são canais criados pelo homem, desde o início do povoamento da ilha para transportar água do lado norte, para o lado sul da ilha. Atualmente, as levadas funcionam como percursos pedestres, mas com diferentes graus de dificuldade.

Se é iniciante nestas andanças aconselhamos a fazer a levada dos Balcões, que dura cerca de 30 minutos, em terreno plano até ao Miradouro dos Balcões. Se optar por esta levada. prepare-se para ter uma bonita experiência de observação de aves, o designado Birdwatching.

Explorar o Parque Florestal de Ribeiro Frio

O Parque Florestal de Ribeiro Frio, localizado no concelho de Santana, é um lugar especial onde poderá observar a flora da Floresta Laurissilva ( floresta composta por árvores da família das lauráceas). De notar que a Floresta Laurissilva da Madeira é considerado Património Natural da Humanidade, pela UNESCO.

Posto Aquícola de Ribeiro Frio
Posto Aquícola de Ribeiro Frio

Não é só a floresta que se destaca neste Parque, mas também o Posto Aquícola de Ribeiro Frio, local onde são produzidas trutas, para posterior repovoamento das linhas de água da Ilha da Madeira.

Visitar Santana

Este é um local de paragem obrigatória para uma visita às casas típicas e ao Parque Temático, sendo um dos sítios mais engraçados de se visitar. É o cartão postal da ilha, logo é um lugar de paragem obrigatória.

Durante muito tempo esta localidade esteve isolada da restante ilha o que levou a que os seus habitantes preservassem as características do local durante muitos e longos anos. Exemplo disso é o famoso estilo arquitetónico das casa típicas com o tecto coberto de colmo. 

O que ver e fazer na Ilha da Madeira - Santana
Santana

Actualmente, já não existem tantas como outrora, mas se for ao Parque Temático, terá a possibilidade de visitar algumas destas casas por dentro. Vale a pena.

Caminhar na Ponta de São Lourenço

A Ponta de São Lourenço é uma península de origem vulcânica, árida e desprovida de vegetação, alterando completamente a paisagem que se encontra na restante ilha.

Localiza-se na ponta nordeste da Ilha da Madeira e requer alguma agilidade para chegar ao extremo desta ponta. Para mim valeu muito a pena pelas bonitas paisagens que vimos e por pudermos contemplar o local onde terá atracado o navio de Gonçalves Zarco quando descobriu a ilha.

Ponta de São Lourenço
Ponta de São Lourenço

Contemplar a vista no Cabo Girão

O Cabo Girão é promontório mais alto da Europa, com cerca de 580m. No local foi construída uma estrutura em aço e vidro, chamada skywalk que cria a sensação de estarmos suspensos no ar. Ao mesmo tempo que nos dá uma bonita paisagem sobre as fajãs do Rancho e do Cabo Girão.

Cabo Girão
Cabo Girão

Devo confessar que é de sentir um friozinho na barriga, mesmo para aqueles que não têm vertigens. Esta é uma das coisas que não pode mesmo deixar de ver e fazer na Ilha da Madeira.

Aventurar-se numa descida de carros de cestos de vime

A Descida de carros de cestos de vime é uma das atividades tradicionais que não pode deixar de fazer quando visitar a Ilha. Desloque-se à vila serrana do Monte e aventure-se numa corrida nestes cestos. Os carros artesanais foram criados no séc. XIX com objetivo de transportar mercadorias do topo da montanha até à cidade.

Para subir ao local apanhe o teleférico, que por si só já é um óptimo passeio, com paisagens bonitas sobre a cidade do Funchal. Já no alto aventure-se a descer a ladeira de 2 km, nos carros de cesto de vime, que atingem cerca de 30 Km/hora.

Nadar nas Piscinas de Porto Moniz

As piscinas de Porto Moniz são um local de piscinas naturais absolutamente fantásticas, formadas por rochas vulcânicas. Aqui, encontramos um magnífico complexo balnear que possui solário, parque infantil, balneários, bar e restaurantes. Devo dizer que é realmente um local inesquecível e mais um dos ex-libris desta bela ilha.

Piscinas de Porto Moniz
Piscinas de Porto Moniz

Pode escolher entre tomar banho nas piscinas naturais ou nas artificiais, contudo a experiência de nadar no meio da lava solidificada será com toda a certeza bem mais marcada.

Divirta-se numa das muitas festas

A Ilha da Madeira tem um vasto conjunto de festas ao longo de todo o ano. Tente visitar a ilha numa altura em que haja uma destas festas. Tenho a certeza que não ficará desiludido.

Festa dos Compadres

Em Fevereiro temos a Festa dos Compadres que inicia os festejos de Carnaval. É celebrada em Santana com o desfile de carros alegóricos e gigantones que pretendem representar o julgamento dos compadres/comadres, em forma de sátira.

Festa da Flor

Em Maio decorre a Festa da Flor, por toda a ilha encontrará autênticas obras de arte feitas com magníficas flores. No Funchal decorre o Cortejo Alegórico da Flor, com vários carros alegóricos a desfilar. Na véspera do cortejo, as crianças reúnem-se na Praça do Município e depositam uma flor, para construir o “Muro da Esperança”. Mas este ano, por conta do Covid-19, decorrerá em Outubro.

Santos Populares

Em Junho decorrem as Marchas Populares. Os Santos Populares são festejados um pouco por toda a ilha mas em especial nas freguesias de Santo António, São João e de São Pedro, no Funchal. O Santo António é o Santo do Amor e por esta altura realizam-se os casamentos de Santo António, enquanto que o São João, padroeiro de Porto Santo, é celebrado com balões de papel. E por fim, o São Pedro, protector dos pescadores, é celebrado com festejos nos portos de Câmara de Lobos e na Ribeira Brava.

Festa do Vinho Madeira

Em Setembro temos a Festa do Vinho da Madeira, com o festejo da cultura do vinho, onde são recriados vários costumes ligados à prática desta actividade agrícola. A Festa inicia-se no Funchal, com a Semana do Folclore e termina no Estreito da Câmara de Lobos com a Festa das Vindimas. Este ano ocorrerão em Outubro.

Passagem de ano

E por fim, em Dezembro e Janeiro temos a Passagem de ano, com a ilha a encher-se para uma das festas de passagem de ano mais bonitas do mundo. Com um impressionante fogo de artifício que entrou no Livro do Guiness em 2006, como o maior espectáculo de fogos do mundo. Mas existem muito mais festas nesta bonita ilha.

Afiliados

Vai viajar? Já reservou o seu hotel? Este blog tem parceria com o Booking. Se pretende fazer a sua reserva para ficar alojado na Ilha da Madeira, contrate o serviço aqui e estará a ajudar o nosso blog, já que o nosso trabalho é voluntário.

Não deixe de fazer o seu seguro de viagem ou se preferir um seguro de acidentes de viagem para tornar a sua viagem mais tranquila. A WorldNomads tem um conjuntos de seguros de viagens simples e flexíveis adequado às suas necessidades.

Ainda não adquiriu a passagem aérea? Viaje com a Iberia e adquira voos a preços maravilhosos. E ajude o blog a manter-se.

Similar Posts

7 thoughts on “O que ver e fazer na Ilha da Madeira

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.