Atracções Destinos Europa Porto Portugal

As mais belas igrejas do Porto

As mais belas Igrejas do Porto

Portugal, por ser um país católico antigo possui um elevado número de igrejas, de todos os estilos e épocas. Assim, é fácil entender que estas estão espalhadas por todos o país em grande número. E isso não é diferente na cidade do Ponto, onde as igrejas são uma das principais atrações da cidade. Aliás, as Igrejas do Porto destacam-se pela sua beleza decorativa que engloba muita talha dourada e azulejos azuis e brancos incríveis.

Conheça a Rota das Catedrais em Portugal

Igreja de São Nicolau

A Igreja de São Nicolau, construída no século XVII, foi erigida após a necessidade de construir um espaço maior para abrigar os serviços religiosos da freguesia de São Nicolau. Estes ocorriam numa pequena ermida do século XIII mas que aos poucos se foi mostrando insuficiente para responder às necessidades. Mais tarde, a Igreja de São Nicolau sofreu um grave incêndio e houve a necessidade de reconstrução do edifício. Nessa altura, a igreja acaba construída com uma mistura de estilos neoclássico e barroco, sendo o edifício da autoria do Frei Manuel de Jesus Maria.

Localizado junto à Ribeira do Porto, este belo templo religioso tem uma fachada forrada com azulejos azuis e brancos, colocados na década de 1860. No frontão superior é possível ver uma escultura em calcário de São Nicolau. Já o interior da igreja, caracterizado pela sua nave única e pela abóbada em tijolo, possui o seu retábulo em talha dourada bem ao estilo rococó. Da sua decoração fazem parte belos painéis do pintor João Glama, assim como várias peças valiosas de ourivesaria. Nomeadamente, uma taça de prata quinhentista e um cálice de prata do ourives portuense Domingos Sousa Coelho.

Descubra quais os Passeios gratuitos no Porto

Igreja da Santíssima Trindade

A Igreja da Trindade, construída no século XIX, é uma das mais imponentes e belas igrejas do Porto. Esta faz parte do complexo hospitalar da Ordem Terceira da Santíssima Trindade, desde a extinção da Ordem de São Domingos. A construção do complexo foi parte importante no processo de transformação da cidade medieval para a cidade moderna.

Projectada pelo arquiteto Carlos Amarante, este belo edifício neoclássico apresenta vários detalhes barrocos. Classificada como Monumento de Interesse Público a Igreja da Trindade possui uma planta em cruz latina simples, mas com uma imponente nave, sendo a maior da cidade do Porto.

Igreja de Santo Ildefonso

A Igreja de Santo Ildefonso, construída na primeira metade do século XVIII, está no local de uma antiga ermida medieval e dedicada ao Santo Ildefonso de Toledo. Este belo templo católico destaca-se pelos seus azulejos azuis e brancos que cobrem a fachada e as duas torres sineiras quase por completo. São cerca de 11000 azulejos da autoria de Jorge Colaço e que dão vida à iconografia de Santo Ildefonso, as diversas alegorias eucarísticas assim como a vários episódios do Novo Testamento. O seu interior é composto por uma nave do estilo poligonal e o seu teto é em madeira, com vários estuques ornamentais.

Igreja de Santo Ildefonso
Igreja de Santo Ildefonso

Visite também o Museu de Arte Sacra da Igreja e descubra o espólio de diversas peças têxteis, alfaias e vários outros objectos em talha dourada.

Igreja dos Clérigos

A Igreja dos Clérigos, projectada por Nicolau Nasoni, no século XVIII, é um conjunto arquitectónico notável, considerado por muitos como o cartão-postal da cidade. A história deste conjunto barroco está intimamente ligado à história da Irmandade dos Clérigos Pobres, fundada com o objectivo de prestar assistência ao Clero. Esta é uma bela Igreja com pormenores do classicismo romano seiscentista, feita em granito, com uma nave única e uma cúpula com um brasão da Irmandade. A Igreja dos Clérigos possui um interior belíssimo com inúmeros pormenores de madeira coberta por folhas de ouro, enquanto que as suas paredes são rosadas. Mas o principal destaque vai para a beleza do altar e das suas magníficas obras de arte, repletas de bonitas pinturas e esculturas.

Igreja dos Clérigos
Igreja dos Clérigos

A visita à Igreja pressupõe a visita a um dos ex-libris da cidade, a Torre dos Clérigos. Suba os cerca de 240 degraus até ao topo e tenha uma vista de 360º da cidade.

Descobrir o Porto de Nicolau Nasoni

Sé do Porto

A Sé Catedral do Porto, igualmente conhecida como Igreja de Nossa Senhora da Assunção, localiza-se na centro histórico do Porto, no ponto mais alto da cidade. Construída nos meados do século XII, num estilo românico sofreu inúmeras alterações ao longo dos séculos e com isso outros estilos arquitectónicos fazem parte do edifício. Dessa época mantém-se a imponente fachada, com duas torres e a magnífica rosácea. Mas o restante exterior foi altamente modificado na época barroca, tendo sido adicionada uma galilé barroca à fachada lateral. Já o claustro é da época gótica, no reinado de Dom João I.

Sé Catedral do Porto
Imagem de Svetlanatravel por Pixabay

O seu interior caracteriza-se por uma decoração muito sóbria, contudo é possível ver diversos retábulos assim como inúmeras capelas, que materializam o culto mariano, tão comum em Portugal. Já no seu claustro é possível ver os maravilhosos painéis com azulejos azuis e brancos. Ao visitar a Catedral é possível ainda visitar o museu da Sé, a Casa do Cabido, a Sala do Capítulo e ainda fazer uma subida à Torre.

Veja o nosso Tour pelo Porto com a Living Tours

Igreja dos Congregados

A Igreja dos Congregados, construída no local de uma pequena capela dedicada a Santo António,data do do século XVIII. Esta foi construída para ser a sede da Confraria de Santo António de Lisboa. Mas posteriormente a igreja e os terrenos em volta foram doados à Congregação de São Filipe de Nery dos Clérigos Reformados do Oratório, que acrescentaram à igreja um edifício para servir de convento.

Igreja dos Congregados
Igreja dos Congregados

Sofreu obras de restauro e os clássicos azulejos azuis e brancos de Jorge Colaço foram adicionados à fachada já no século XX, apresentando esta uma imponência do barroco dos finais do século XVII. Este belos azulejos da fachada retratam cenas da vida de Santo António. A Igreja dos Congregados é uma igreja de planta em cruz latina, composta por uma nave única. Numa das suas capelas está o túmulo do corpo mumificado do Papa São Clemente, sendo este o único Papa que jaz distante do Vaticano.

Igreja dos Carmelitas Descalços

A Igreja das Carmelitas, construída no século XVIII é conhecida pela sua decoração exuberante, repleta de ouro, reflexo dos estilos barroco e rococó. Classificada como Monumento Nacional, em conjunto com a Igreja do Carmo, esta foi construída com a autorização do Rei Dom Filipe II de Portugal pela Ordem Terceira dos Carmelitas. Em tempos pertenceu ao extinto convento, onde hoje fica a Guarda Nacional Republicana.

A sua fachada em granito, composta por três arcos de volta perfeita encimadas por três nichos, possui as imagens de São José, Santa Teresa de Jesus e Nossa Senhora do Carmo. A sua bonita torre sineira está revestida a azulejos monocromáticos azuis. Já o seu interior em cruz latina possui várias capelas, que juntamente com a sua cúpula estão ricamente decoradas com vários elementos em dourado. Outro pormenor que chama a atenção é o seu altar-mor onde fica o retábulo da autoria de Joaquim Teixeira Guimarães.

Igreja do Carmo

A Igreja do Carmo, colada à Igreja da Carmelitas, foi construída em meados do século XVIII, pela Ordem Terceira do Carmo. A separar as duas igrejas está a peculiar Casa Escondida do Porto, com apenas metro e meio de largura. A casa, construída devido à impossibilidade de duas igrejas serem construídas pegadas uma à outra, era ocupada por pessoas ligadas à ordem, nomeadamente médicos, artistas, sacristão, entre outros.

As igrejas mais bonitas do Porto
Igreja das Carmelitas e Igreja do Carmo

Declarada Monumento Nacional, a Igreja do Carmo é uma bonita igreja do rococó portuense cuja fachada lateral se destaca pelo bonito painel de azulejo , com cenas alusivas à fundação da Ordem Carmelita e do Monte Carmelo. Já na fachada principal é possível ver, a bonita escultura de Santa Ana, a quem a Ordem Carmelita mostrava devoção e que é a patrona da igreja, mas também as estátuas dos profetas Elias e Eliseu, estas últimas feitas em Itália. O interior, de uma só nave coberto por uma abóbada pintada, reflete bem o seu estilo arquitectónico, está recheado de trabalhos esculpidos, de ornamentos exuberantes e pequenos detalhes.

Conheça O Porto em 3 dias

A visita à Igreja do Carmo inclui a visita à Casa Escondida, à sacristia assim como a outras salas museológicas com várias peças de arte sacra.

Igreja de São João Novo

A Igreja de São João Novo, localizada no Centro Histórico do Porto, era a igreja conventual do extinto convento dos Frades Eremitas Calçados de Santo Agostinho de São João do Porto. Construída nos meados do século XVI, no local onde existiu a Ermida de São João do Belmonte, a Igreja de São João Novo possui uma fachada que é uma réplica fiel à da Igreja dos Grilos. A Igreja possui uma planta em cruz latina, com transepto e nave única e várias capelas laterais, está ricamente decorada com diversos pormenores em dourado. Um dos principais destaques desta igreja é o retábulo-mor, de 1775, cujo painel central é alusivo à Visão de Santo Agostinho, pintado por João Glama.

Património Mundial da UNESCO em Portugal

Afiliados

Vai viajar? Já reservou o seu hotel? Este blog tem parceria com o Booking. Cada vez reserva o seu hotel através do nosso blog, está a ajudar-nos, já que o nosso trabalho é voluntário.

Não deixe de fazer o seu seguro de viagem ou se preferir um seguro de acidentes de viagem para tornar a sua viagem mais tranquila. Pois a WorldNomads tem um conjuntos de seguros de viagens simples e flexíveis adequado às suas necessidades.

Ainda não adquiriu a passagem aérea? Viaje com a TAP e adquira voos a preços maravilhosos. E assim ajude o blog a manter-se.

Precisa de carros? Não deixe de reservar o seu carro com a DiscorverCars e obtenha os melhores preços.

Similar Posts

8 thoughts on “As mais belas igrejas do Porto

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.