Atracções Destinos Dicas Europa Itália

Piazza di San Marco, a elegante sala de visitas de Veneza

Piazza di San Marco

A Piazza di San Marco, o verdadeiro cartão postal de Veneza, é o palco dos eventos mais importantes da história da cidade. Esta bonita e enorme praça é, segundo Napoleão, “a sala de visitas mais elegante da Europa”. Aquela que é a única praça de Veneza merece ser visitada com calma, apreciando cada detalhe, a cada esquina.

Venha descobrir os Passeios gratuitos em Veneza

A história da Piazza di San Marco

Construída no século IX, inicialmente era apenas uma pequena área em frente à Basílica de São Marco. O seu tamanho e forma atuais foram adquiridos em 1177, para celebrar o encontro entre o Papa Alexandre III e o Imperador Frederico Barba Ruiva. Desde então a Praça de São Marco é o centro político, social e religioso da cidade, ocorrendo aqui todos os eventos importantes da história de Veneza. Por outro lado, é também a base do arcebispado, desde o século XIX.

Piazza di san Marco
Mulher mascarada na Piazza di San Marco

Uma das particularidades desta praça é o seu pavimento. Inicialmente, nos finais do século XIII, foi feito em ladrilho, com padrão em espinha para desta forma permitir organizar o mercado que aqui ocorria assim como organizar as procissões cerimoniais. Ao longos dos tempos, o pavimento foi sendo substituído devido ao desgaste e foram colocados ladrilhos com desenhos geométricos mais interessantes e complexos. No entanto, existe uma outra particularidade desta praça, ou seja, ela é subdividida em três áreas distintas. São elas, a Piazza di San Marco propriamente dita, a Piazzetta San Marco e a Piazzetta dei Leoncini.

A Piazza di San Marco é a área bem em frente à Basílica de São Marco, a Piazzeta San Marco é a área em frente ao Palácio Ducal e à Biblioteca e por fim a Piazzeta dei Leoncini é a área a nordeste da Basílica, e que recebeu o nome dos dois leões de mármore vermelho ali colocados.

Piazzetta San Marco
Piazzeta San Marco

A história da praça está também ligada a inúmeras inundações, pois este é o lugar mais baixo da cidade e quando a água do Mar Adriático sobe este é o primeiro local a inundar. Por isso, comumente se vêm imagens desta praça completamente inundada.

Venha connosco passar Um dia em…Veneza – San Marco

O que ver na Piazza di San Marco

A Piazza di San Marco é uma praça monumental repleta de atrações prontas a descobrir. Como tal, iremos dar-vos a conhecer algumas das mais importantes atrações que deverão ver quando visitarem a cidade.

Campanile di San Marco

O Campanário de São Marco é uma torre com 98,6 metros, com formas simples e que aloja cinco sinos, sendo uma das torres sineiras mais altas da Itália. Possui no seu topo um cubo, em cujas faces estão representados leões (símbolo de São Marcos) e a representação feminina de Veneza (a Justiça). Este é um dos símbolos mais importantes de Veneza, tendo sido outrora um farol, uma torre de vigia e ainda um salão de tortura. É o local ideal para apreciar as paisagens incríveis da cidade.

Piazza di san Marco
Campanile

Esta bela torre sineira serviu de inspiração a vários edifícios à volta do mundo, como por exemplo a Sather Tower, a Metropolitan Life Insurance Company Tower e ainda a Himmelbjerget Memorial Tower.

Torre dell’Orologio

A Torre do Relógio é uma bonita torre, de estilo renascentista, construída entre 1496 e 1499, sendo posteriormente ampliada, em 1506 e 1757. O arco da torre dá acesso à principal rua da cidade. A parte central do relógio é feita em ouro e esmalte azul, não dando apenas acesso às horas, mas também ao dia, às fases da lua e do Zodíaco. Possui ainda duas figuras em bronze na plataforma superior.

Piazza di san Marco
Torre dell’Orologio

Conta a lenda que os artífices desta obra ficaram cegos para que não a pudessem replicar.

Palazzo Ducale

O Palácio Ducal é um bonito palácio que resulta da combinação da arquitectura bizantina, gótica e renascentista. Este belo exemplar do gótico veneziano foi a residência oficial de 120 doges, que governaram Veneza. Atualmente é sede do Museu do Palácio Ducal, sendo o local ideal para os amantes de arte e história, que conta com pinturas e esculturas de Ticiano, Tintoretto assim como de Bellini, entre tantos outros.

Palazzo Ducale
Palazzo Ducal com Ponte dos Suspiros aos fundo

Venha descobrir As mais famosas Pontes de Veneza

Basílica di San Marcos

A Basílica de São Marcos é uma fantástica basílica bizantina onde se encontra o túmulo de São Marcos. Construída para demonstrar o poder da República Veneziana, foi proclamada Catedral de Veneza em 1807. Este belo exemplar da arte veneziana e do cristianismo é o monumento mais visitado da cidade, sendo a jóia da praça.

Basílica São Marco
Basílica São Marco

A Basílica atual, encomendada pelo Doge Domenico Contarini, em 1063, foi construída no local de uma anterior igreja existente. Tanto a construção como a decoração da basílica são uma autêntica obra de arte que merecem e devem ser admiradas.

Colunas de San Marco e San Teodoro

As colunas de São Marco e São Teodoro, feitas em mármore e granito, localizam-se na Piazzetta di San Marco. Estas são encimadas pelas estátuas dos santos padroeiros da cidade, Marcos Evangelista, na forma tradicional de leão, e São Teodoro. Estas colunas são a porta de entrada na Praça para quem vem pelo Grande Canal. Acredita-se que foram construídas por Nicolò Basrattiero, a mando do Doge Sebastiano Ziani aquando da ampliação e monumentalização da praça.

Coluna de São Marco
Coluna di San Marco

Procuratie

As Procuratie são os edifícios imponentes que se erguem em três lados da Piazza di San Marco, e como tal dividem-se em três alas. São elas, a Procuratie Vecchie a norte, a Ala Napoleônica a oeste e a Procuratie Nuove a sul. A Procuratie Vecchie, localiza-se entre a Torre do Relógio e a Ala Napoleônica, possuindo um pórtico com cerca de 50 belos arcos. Atualmente, abriga várias lojas, escritórios e ainda a sede da Fundação Generali The Human Safety Net ONLUS. Já a Procuratie Nuove, construída por Vincenzo Scamozzi alberga parte do Museu Correr, o Museu do Risorgimento, o Museu Arqueológico, parte da Biblioteca Marciana e ainda o Café Florian. Por fim, a Ala Napoleónica, construída a mando de Eugene de Beauharnais, que quereria aumentar o Palácio Real e que alberga, desde 1922, o Museu Correr.

Edifício onde fica o Café Floriano
Parte do Procuratie Vecchie

Caffè Florian

O Caffè Florian, é o café mais antigo da Itália e do mundo, localizando-se sob as arcadas da Procuratie Nuove. Inaugurado em 1720, por Floriano Francesconi, tinha o nome de Alla Venezia Trionfante. O sucesso do local foi imediato, sendo frequentado pela alta sociedade de Veneza e por nomes ilustres como Vivaldi, Mozart, Charles Dickens, Ernest Hemingway, entre tantos outros. E o certo é que desde que o café abriu as pessoas nunca o chamaram pelo nome, pois referiam-se sempre a este como “andémo da Floriàn”, o que levou a que mais tarde o seu nome fosse mudado para Caffè Florian.

Gastronomia do Mundo – Veneza

Museo Correr

O Museu Correr é um dos museus mais importantes e representativos da cidade de Veneza. Este belo museu, que nos mostra a história, a arte e a civilização de Veneza, teve origem no legado do nobre veneziano Teodoro Correr. Este era um grande amante e colecionador de arte, tendo dedicado a sua vida a colecionar obras de arte, que queria ver expostas num museu. Assim, quando morreu, em 1830, deixou toda a sua vasta coleção bem como o palácio da família à cidade. Com o passar dos anos e aumento do acervo do museu, este transferiu-se da Casa Correr para a localização atual.

Museo Correr
Museo Correr

Veja Onde ficar em Veneza: melhores bairros

Museo Archeologico

O Museu Arqueológico Nacional, fundado em 1523, amando do Cardeal Domenico Grimano, possui uma magnífica coleção de esculturas, cerâmicas, moedas assim como pedras gregas e romanas que remontam ao século I a.C. Ne notar que o museu alberga também algumas das coleções arqueológivas que fazem parte do acervo do Museu Correr.

Biblioteca Nazionale Marciana

A Biblioteca Nacional Marciana é uma das maiores bibliotecas italianas. Localizada no Palazzo della Libreria na parte baixa da praça, esta surge da vontade do poeta Francesco Petrarca criar a primeira biblioteca pública. Algo que não se realizou mas que levou a que Petrarca estabelece-se uma biblioteca pessoal. Mais tarde, em 1468, o Cardeal Bessarion, decidiu doar à República de Veneza vários manuscritos, que constituíram o primeiro núcleo desta biblioteca. Nas décadas seguintes o acervo desta biblioteca aumentou devido às inúmeras doações e legados assim como à incorporação das coleções de outras bibliotecas. Aqui encontram-se sobretudo livros de filologia clássica e da história de Veneza, mas também é possível encontrar uma coleção de mapas e atlas, entre outros.

Veja com ir a Burano e Torcello, passeio de um dia a partir de Veneza

Como vê a Piazza di San Marco é um local cheio de atrações prontos a serem descobertos por quem a visita. Vocês já visitaram esta bela praça? Qual a vossa opinião?

Afiliados

Vai viajar? Já reservou o seu hotel? Este blog tem parceria com o Booking. Cada vez reserva o seu hotel através do nosso blog, está a ajudar-nos, já que o nosso trabalho é voluntário.

Não deixe de fazer o seu seguro de viagem ou se preferir um seguro de acidentes de viagem para tornar a sua viagem mais tranquila. Pois a WorldNomads tem um conjuntos de seguros de viagens simples e flexíveis adequado às suas necessidades.

Ainda não adquiriu a passagem aérea? Viaje com a TAP e adquira voos a preços maravilhosos. E assim ajude o blog a manter-se.

Precisa de carros? Não deixe de reservar o seu carro com a DiscorverCars e obtenha os melhores preços.

Quer escolher os melhores passeios para a sua viagem? Reserve então com a Tiqets e usufrua dos melhores passeios.

Similar Posts

3 thoughts on “Piazza di San Marco, a elegante sala de visitas de Veneza

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.