Alentejo Atracções Destinos Europa Portugal Roteiros

Visitar Elvas: o que fazer na cidade fortificada do Alentejo

Visitar Elvas

A “Rainha da Fronteira” é uma das mais importantes cidades da história de Portugal. Elvas é uma das pérolas escondidas do Alentejo, tendo tido um papel extremamente importante na defesa da independência do nosso país. Como tal, a cidade é conhecida pelo seu vasto património militar, possuindo também um extenso património religioso e arquitetónico. Assim, ao visitar Elvas encontrará uma cidade cheia de histórias para contar.

Visitar Elvas
Paisagem a partir do Castelo

Descubra As localidades mais bonitas do Alentejo

Onde se localiza

A histórica cidade de Elvas está situada na árida região fronteiriça com Espanha, bem no extremo leste de Portugal, estando a apenas 25 minutos de carro de Badajoz. Esta cidade raiana, localizada no distrito de Portalegre, na região do Alentejo está a 210 Km de Lisboa e 85 Km de Évora.

Veja O que fazer em Badajoz – 10 pontos turísticos

Um pouco de história

Terão sido os Godos e os Celtas os primeiros povos a habitar a cidade de Elvas, que posteriormente foi conquistada pelos romanos. Por volta do ano de 714 foi conquistada pelos Árabes, que lhe deram o nome de “al-Bash”. Já no século XII, durante o reinado de Dom Afonso Henriques, acabou conquistada aos mouros e ao longo do século andou nas mãos de muçulmanos e cristãos. Só em 1229 é que a cidade voltou definitivamente para o território português, sob o domínio de Dom Sancho II, que lhe concedeu o foral. Já em 1513, Dom Manuel I de Portugal concedeu-lhe novo foral, elevando Elvas a cidade.

Elvas
Portas da cidade

Elvas foi extremamente importante na defesa da independência de Portugal tanto durante as Guerras Fernandinas, no século XIV, como na Guerra da Restauração, no século XVII. Aliás, quando Dom João declarou a independência de Portugal, iniciou-se um gigantesco projeto de construção defensiva, de forma a tornar Elvas como a primeira linha de defesa contra as possíveis invasões espanholas.

Roteiro em Évora: o que ver e fazer

Visitar Elvas: o que fazer na cidade fortificada do Alentejo

Ao visitar Elvas descobrirá não só uma cidade fortificada mas também uma cidade cheia de história e de encanto. Por ser uma cidade pequena é fácil visitá-la em apenas um dia e fazer todo o percurso a pé.

Explore o Castelo e Muralhas de Elvas

O Castelo de Elvas, classificado como Monumento Nacional, é um castelo medieval que se ergue no morro a cerca de 320 metros acima do nível do mar. Este pequeno castelo foi tomado aos mouros e reedificado em 1228 e desde então tem sido palco de inúmeros eventos importantes da história de Portugal.

Castelo de Elvas
Castelo de Elvas

Por outro lado, as Muralhas de Elvas, consideradas as maiores fortificações abaluartes do mundo, começaram a ser construídas no reinado de Dom Sancho II, no século XVII mas só ficaram concluídas no século XIX. São cerca de 10 quilómetros de muralhas, que formam um complexo estelar, composto por baluartes, revelins e várias passagens escondidas.

Gastronomia do Mundo…Elvas

Percorra o centro histórico de Elvas

Ao percorrer o centro histórico de Elvas encontrará um local pitoresco e cheio de personalidade, composto por bonitas ruelas de paralelepípedos, igrejas antigas e casas caiadas de branco. E o melhor de tudo onde o turismo em massa ainda não chegou.

Se conseguir suba à Torre Fernandina, que serviu como cadeia a partir do final do século XV e onde encontrará uma exposição sobre as fortificações de Elvas. Entre também na Igreja das Domínicas, que fez parte do convento das freiras dominicanas e que é um belíssimo exemplo da arquitetura religiosa da cidade, com uma rara planta octogonal, frescos renascentistas únicas e magníficos azulejos e talha dourada, do século XVII. Outro destaque do centro histórico é o seu Pelourinho, construído no século XX, no local do antigo pelourinho, esse do século XVI.

Dica de alojamento em Elvas: Hotel São João De Deus by RIDAN Hotels

Descanse na Praça da República

A Praça da República é o centro da cidade de Elvas e um dos locais mais bonitos e movimentados da cidade. Por ali, além da Igreja de Nossa Senhora da Assunção encontrará a Casa da cultura, a Torre do Relógio assim como o Posto de Turismo. Nesta bonita e ampla praça existem também várias esplanadas que permitem descansar um pouco, enquanto bebe uma bebida refrescante e aprecia todo o conjunto arquitetónico em redor.

Visitar Elvas
Praça da República com Antiga Sé ao fundo

Reze na Igreja de Nossa Senhora da Assunção

A Igreja de Nossa Senhora da Assunção, Antiga Sé de Elvas, foi construída em 1517, segundo os planos do arquiteto régio Francisco de Arruda. Este era um majestoso edifício com uma torre como fachada, aclamada Sé de Elvas após a criação do Bispado de Elvas, em 1570. O seu interior é caracterizado pela coexistência do estilo manuelino e barroco. O primeiro está presente nos tetos e portas laterais, enquanto que o barroco está presente nos seus altares em mármore e no imponente órgão em talha dourada.

Catedral de Elvas
Catedral de Elvas – Por Alvesgaspar – Obra do próprio, CC BY-SA 3.0,

Conheça a Rota das Catedrais em Portugal

Visite o Museu Militar de Elvas

O Museu Militar de Elvas é um exemplar único no país, pois é composto por três infraestruturas que estão classificadas como Monumentos Nacionais. Ou seja, fazem parte do Museu Militar de Elvas o Convento de São Domingos, a Muralha Fernandina e parte da Muralha Seiscentista. Neste museu encontrará um acervo museológico e patrimonial do Exército Português, que engloba viaturas do exército, hipomóveis e peças de artilharia, entre outros. Mas o grande destaque vai para o espaço que pertenceu ao antigo convento e que engloba o claustro, parte da cerca fernandina, os quartéis do casarão e a bela Fonte de São José.

Passeie pelo Forte de Nossa Senhora da Graça

O Forte de Nossa Senhora da Graça, inicialmente conhecido como Forte Conde de Lippe, é uma autêntica obra-prima da arquitetura militar, sendo considerada uma das mais poderosas fortalezas abaluartes do mundo. Construída pelo estratega militar o Conde de Lippe, foi erigida num dos pontos mais altos da região com o objetivo de defender a entrada norte da cidade.

Forte da Graça
Forte de Nossa Senhora da Graça

Fotografe o Aqueduto da Amoreira

O Aqueduto da Amoreira é o cartão-postal desta bonita cidade alentejana, sendo o maior aqueduto da Península Ibérica. Construído no século XVI por Francisco Arruda, sob o reinado de Dom Manuel I, este belo aqueduto surgiu como forma de terminar com os problemas de abastecimento que sempre assolaram Elvas e acabou por se tornar um dos mais importantes exemplos da arquitetura hidráulica em Portugal.

Prove a gastronomia alentejana

A gastronomia alentejana é bem rica e variada, onde predominam as sopas de pão, as ervas aromáticas e os pratos de borrego e vitela. Assim, ao visitar Elvas não deixe de provar alguns dos seus pratos mais tradicionais num dos vários magníficos restaurantes espalhados pela cidade e delicie-se.

Gastronomia alentejana
Gastronomia alentejana

Como vê várias são as coisas a fazer ao visitar Elvas e que o deixarão rendido a esta bela cidade fortificada. Afinal Elvas é um destino turístico por mérito próprio, que se tornou uma das cidades mais emblemáticas do Alentejo, cheia de coisas para conhecer e fazer.

Afiliados

Vai viajar? Já reservou o seu hotel? Este blog tem parceria com o Booking. Cada vez reserva o seu hotel através do nosso blog, está a ajudar-nos, já que o nosso trabalho é voluntário.

Não deixe de fazer o seu seguro de viagem ou se preferir um seguro de acidentes de viagem para tornar a sua viagem mais tranquila. Pois a WorldNomads tem um conjuntos de seguros de viagens simples e flexíveis adequado às suas necessidades.

Ainda não adquiriu a passagem aérea? Viaje com a TAP e adquira voos a preços maravilhosos. E assim ajude o blog a manter-se.

Precisa de carros? Não deixe de reservar o seu carro com a DiscorverCars e obtenha os melhores preços.

Similar Posts

6 thoughts on “Visitar Elvas: o que fazer na cidade fortificada do Alentejo
  1. Realmente Elvas parece ser uma das pérolas escondidas do Alentejo! Muito interessante saber o papel da cidade na defesa da independência de Portugal. Adoraria conhecer o Castelo de Elvas.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.