África América Ásia Áustria Destinos Dicas Europa Itália

Viagens gastronómicas: melhores destinos para amantes de café

Os melhores destinos para amantes de café

O artigo de hoje pertence à rubrica “viagens gastronómicas” e desta vez decidimos falar um pouco sobre os melhores destinos para os amantes de café. Afinal, o café é uma bebida presente em várias manifestações culturais ao redor do mundo, sendo também uma das bebidas mais apreciadas do planeta. O costume de beber o liquido proveniente do grão torrado e moído do café surgiu na África e depressa se expandiu para o Médio Oriente. Mais tarde, já no século XII, esse hábito acabou por chegar à Europa e rapidamente acabou por se espalhar pelo mundo todo.

Outros posts sobre Turismo Gastronómico

Breve história do Café

Apesar de não haver registos oficiais sobre a origem do café, sabe-se que esta é uma planta oriunda das regiões altas da Etiópia. Aliás, acredita-se que terá sido um pastor etíope que reparou na potencialidade desta planta, quando alimentou os seus animais com esta planta e estes ficaram com mais energia após a ingestão. Mais tarde, decidiu levá-la até um monge que terá usado a mesma para preparar uma infusão. Ao ingeri-la o monge percebeu que ficava com uma maior vivacidade. A partir daí os etíopes alimentavam-se do fruto e consumiam a sua polpa, depois de macerada ou misturada em banha durante a refeição. Os frutos eram utilizados também para transformar em bebida alcoólica e as suas folhas eram mastigadas e utilizadas em chá.

Os melhores destinos para amantes de café
Fruto do café

Com o tempo os efeitos desta planta passaram a ser conhecidos e o seu cultivo acabou por se estender e popularizar na Arábia, muito em parte devido à aplicação da Lei Seca por parte do Islão e depois por todo o Mundo Árabe. Nesta altura, a infusão do café recebia o nome de kahwah e apesar de ser uma bebida muita apreciada também teve muitos inimigos e demorou a ser apreciada.

Foi no ano de 1475, em Constantinopla, atual Istambul, que surge a primeira loja de café, o Kiva Han e surge o conceito social de tomar café. Mais tarde, em 1570, o café foi introduzido em Veneza, mas a bebida era proibida aos cristãos e só quando foi provada pelo Papa Clemente VIII é que passou a ser distribuída por todos. Assim, em 1615 abre em Veneza, o Botteghe del Caffè, que introduziu novas técnicas no tratamento e produção do café.

Os melhores destinos para amantes de café

Cada país tem a sua própria cultura e forma de apreciar o café, assim cada local que visite e que tenha uma história com esta bebida lhe oferecerá uma experiência única e bem especial.

Os melhores destinos para amantes de café: Viena, Áustria

Considerada a capital do café, existem mais de 2500 cafés na bonita cidade de Viena, alguns dos quais permanecendo como os mais antigos e históricos da Europa. Assim, ao visitar Viena além dos magníficos monumentos prepare-se para se deslumbrar com estes estabelecimentos tão bonitos e importantes na história da cidade.

Os melhores destinos para amantes de café
Panorâmica de Viena

O que visitar

Para conhecer Viena caminhe pela Ringstrasse e descubra alguns dos mais importantes edifícios da cidade. Como por exemplo, o Volkstheater, o Justizpalast, a Rathaus ou ainda o Burgtheater.

Ao visitar Viena não pode perder os magníficos palácios espalhados pela cidade. Assim, sugerimos que vá ao Palácio de Schonbrunn, um maravilhoso palácio barroco, ao Palácio de Belvedere, um estonteante palácio do século XVIII e ainda ao Complexo de Palácios, o Hofburg e os seus vários museus.

Palácio de Belvedere
Palácio de Belvedere

Aliás, como nem só de palácios se faz Viena, outra das atrações que não pode perder ao visitar a cidade é explorar os vários museus espalhados pelo local. Para tal, vá até ao Quarteirão dos Museus e deslumbre-se com o Mumok, maior museu de arte moderna e contemporânea dos séculos XX e XXI, o Leopold Museum, o Naturhistorisches Museum ou ainda o Kunsthistorisches Museum.

Outra das atrações a não perder a Catedral de Santo Estevão, uma das mais antigas catedrais do estilo gótico europeu.

O Café

O Café foi declarado Património Cultural Imaterial pela UNESCO em Viena, pois a cultura do café é considerado um estilo de vida. Aliás, a cidade é sede do famoso festival Viena Coffee Festival. Acredita-se que o primeiro estabelecimento especializado em produtos à base de café surgiu em Viena por volta de 1683, pelas mãos de um armênio. Ao visitar a cidade não deixe de percorrer os elegantes e históricos cafés de Viena ou kaffeehaus e beber um Wiener Melange, um expresso servido com espuma de leite ou um Einspanner, café coberto com uma camada de chantilly. Assim, não deixe de ir ao tradicional Café Schwarzenberg, que data do século XIX, ao Café Central ou ao Zweitbester. Outro local a não perder é o parque dedicado ao fundador do primeiro café, Johannes Diodado.

Os melhores destinos para amantes de café: Ho Chi Minh, Vietname

Localizada no sul do Vietname, Ho Chi Minh, anteriormente conhecida como Saigon, é uma cidade caótica e extremamente ocidentalizada quando comparada com outras cidades do Vietname.

Os melhores destinos para amantes de café: Ho Chi Minh, Vietname
Ho Chi Minh

O que visitar

Ao visitar Ho Chi Minh não deixe de deambular pelas ruelas de Chinatown e encante-se com esta área verdadeiramente genuína e repleta de comércio local. Ou então vá até ao Mercado Ben Thanh e descubra o verdadeiro comércio local e comida tradicional.

Vários são os templos religiosos a não perder na cidade. Um dos que não poderá perder é o Templo de Thien Hau, dedicado à Senhora do Mar e construída pela comunidade chinesa em 1909. A Igreja Tan Dinh ou Igreja do Sagrado Coração de Jesus, conhecida pela sua cor rosa e construída com forte influência romana e gótica também merece uma visita. Assim como, a Catedral de Notre Dame, em estilo neo-românico e que possui duas belas torres com cerca de 40 metros. Descubra ainda o Thien Hau Pagoda, o pagode mais antigo construído pela comunidade chinesa em Ho Chi Mihn, em 1760 ou o Pagode do Imperador de Jade, um templo taoísta sagrado, construído em 1909.

Catedral de Notre Dame
Catedral de Notre Dame

Um dos locais a não perder ao visitar a cidade é o War Remnants Museum, que visa sensibilizar os seus visitantes sobre as atrocidades cometidas durante a Guerra do Vietname. Outro museu a visitar é o Museu Fito, um museu privado dedicado à medicina tradicional vietnamita. Um edifício que lhe chamará a atenção será o Saigon Central Post Office, projetado por Gustavo Eiffel e que é o maior correio central do sudeste asiático.

O Café

Os grãos de café chegaram ao Vietname, durante o século XIX, pelas mãos dos colonos franceses. E atualmente o café vietnamita não é um café simples, possuindo ingredientes como gema de ovo ou até iogurte. O café mais popular é Cà phê den, curto, forte, encorpado e com sabor a chocolate, feito num coador metálico, phin. Outro café bem tradicional é o Cà phê sua, um café servido com uma camada de leite condensado no fundo do copo. Existe ainda outro bem tradicional o Cà phê trúng, em que ao café é adicionado um creme feito com gema de ovo e leite condensado. Ao visitar o Vietname tente ir ao The Coffee Ship, instalado num barco atracado no canal Kenh Te ou então ao Du Mien Garden Coffee.

Os melhores destinos para amantes de café: Milão, Itália

Milão oferece uma infinidade incrível de locais onde se pode beber café, até porque desde o século XIX que estes cafés servem o melhor expresso do mundo. Mas a cidade tem muito mais a oferecer além do café.

Piazza del Duomo
Piazza del Duomo

O que visitar

A melhor forma de visitar Milão é deambulando pelas suas ruas e ruelas, assim não pode deixar de ir à Piazza del Duomo, principal praça da cidade e coração do centro histórico. Ali encontrará a famosa Catedral de Milão, a maravilhosa Galleria Vittorio Emanuele II assim como o Palazzo dell’Arengario, que alberga o Museo del Novecento.

Galleria Vittorio Emanuele II
Galleria Vittorio Emanuele II

Outros museus a não perder são o Leonardo Museum, com desenhos e protótipos do italiano e a Gallerie d’Italia, um bonito museu de arte. Siga para o Castello Sforzesco, um incrível castelo medieval, que alberga vários museus arqueológicos.

Se gosta de templos religiosos deve então visitar a Basílica Sant’Ambrogio, uma bonita basílica de estilo românico lombardo ou ainda a Igreja de San Lorenzo Maggiore, a igreja mais antiga da cidade. Aproveite também para visitar o bonito Lago de Como, que fica a somente 50 km de Milão.

O Café

Itália é conhecida pelas suas maravilhosas contribuições no mundo do café, com bebidas bem difundidas pelo planeta e extremamente conhecidas, como o expresso, o cappuccino, o macchiato ou o café d’orzo. Ao visitar Milão não deixe de ir ao Orsonero, ao Caffé Napoli e ao Moleskine provar uma das suas deliciosas especialidades.

Os melhores destinos para amantes de café: Addis Ababa, Etiópia

Addis Ababa, capital da Etiópia berço do café, e como tal a cultura do café está intrinseca à cultura do país e das suas cidades. Esta é uma cidade interessante e caótica ideal para quem quer conhecer um pouco mais sobre a história e os costumes do continente africano. Há uma curiosidade interessante sobre Addis Ababa e a Etiópia é que este é o único país africano que nunca foi colonizado, mantendo assim os mais genuínos hábitos africanos.

Os melhores destinos para amantes de café: Addis Ababa, Etiópia
Addis Ababa

O que visitar

Inicie a sua visita por Addis Ababa no Entoto Park, um parque localizado no topo da montanha Entoto, que tem um miradouro que lhe oferece uma bela paisagem sobre a cidade. Bem próximo está a peculiar igreja ortodoxa Entoto Mariam Chuch, uma igreja colorida e cheia de história.

Visite depois o famoso Merkato, o maior mercado de rua de África. Siga depois até ao antigo Palácio do Imperador Menelik, esta é uma construção feita de barro e com telhado de palha.

Entre os principais museus da cidade estão o Addis Ababa University Museum e o Museu Nacional da Etiópia. Enquanto o primeiro fala um pouco da história da cidade e do país, o segundo alberga uma das mais importantes coleções de África. Visite ainda a Catedral Holy Trinity.

Addis Ababa
Catedral Holy Trinity

O Café

A Etiópia é considerada o berço do café e um dos maiores produtores de café do mundo, sendo este extremamente importante na cultura do país. Aliás existe uma cerimónia feita em sinal de amizade, onde os intervenientes passam horas a torrar, moer e prepara café, para depois degustarem juntos. As principais variedades de café etíope são a Yirgacheffe, um dos mais bem cotados do mundo, Sidamo e Harrar. E é na capital Addis Ababa que estão instaladas alguns dos melhores cafés do país, nomeadamente o Tomoca, o café mais famoso da Etíopia, aberto em 1953.

Os melhores destinos para amantes de café: Istambul, Turquia

Istambul é uma cidade bem eclética onde existem inúmeras coisas para fazer, comidas maravilhosas para experimentar assim como bebidas extraordinárias para se deliciar. Uma dessas bebidas é o famoso café turco mas como já referi existem várias outras coisas para fazer nesta maravilhosa cidade.

Os melhores destinos para amantes de café: Istambul, Turquia
Istambul

O que visitar

Inicie a sua visite por Istambul na famosa Praça Sultanahmet, onde estão as principais atrações da cidade. Aí poderá encontrar o Palácio Topkapi, a grandiosa igreja Hagia Sofia, a ainda a magnífica Mesquita Sultanahmet, conhecida como Mesquita Azul assim como o Hipódromo de Constantinopla.

Mesquita Azul
Mesquita Azul

Se gosta de compras vá até ao centro comercial medieval Grande Bazar e ao Bazar Egípcio, conhecido também como Bazar das Especiarias e faça as suas compras. Visite também a Mesquita Suleymaniye, datada do século XVI e a pequena Mesquita de Rustem Paxá.

Quanto a museus sugerimos que viste o complexo dos Museus Arqueológicos de Istambul, que alberga os mais belos artefactos das antigas civilizações e ainda o Museu de Arte Turca e Islâmica, localizado no Palácio Ibrahim Pasa.

O Café

A Turquia é um dos países com maior tradição na cultura do café, cujo consumo se faz desde o período otomano. Assim, ao visitar a Turquia espere encontrar um café encorpado e concentrado feito de forma bem diferente da tradicional. Ou seja, o café turco é feito com a torrefação do grão escura e a moagem bem fina. O pó do café é misturado na água até ferver, numa chaleira chamada cezve e não é coado, assim ao beber o seu café turco perceberá que as borras ficam no fundo da chávena. Borras essas que nos levam a outra tradição turca, a leitura do futuro na borra do café na chávena.

Afiliados

Vai viajar? Já reservou o seu hotel? Este blog tem parceria com o Booking. Cada vez reserva o seu hotel através do nosso blog, está a ajudar-nos, já que o nosso trabalho é voluntário.

Não deixe de fazer o seu seguro de viagem ou se preferir um seguro de acidentes de viagem para tornar a sua viagem mais tranquila. Pois a WorldNomads tem um conjuntos de seguros de viagens simples e flexíveis adequado às suas necessidades.

Ainda não adquiriu a passagem aérea? Viaje com a TAP e adquira voos a preços maravilhosos. E assim ajude o blog a manter-se.

Precisa de carros? Não deixe de reservar o seu carro com a DiscorverCars e obtenha os melhores preços.

Quer escolher os melhores passeios para a sua viagem? Reserve então com a Tiqets e usufrua dos melhores passeios.

Similar Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.